Energisa realiza cadastro de tarifa social em cinco bairros de Porto Velho – Floresta Noticias
Conecte-se conosco

Geral

Energisa realiza cadastro de tarifa social em cinco bairros de Porto Velho

Publicado

em

Até sexta-feira (01/11), a Energisa Rondônia está fazendo o cadastro de clientes na tarifa social de energia elétrica (TSEE) que residem nos bairros Tancredo Neves, Juscelino Kubitschek , Juscelino Kubitschek I, II e III em Porto Velho. O diferencial dessa iniciativa, inédita no estado, é que os clientes serão visitados pelas equipes do programa Nossa Energia, projeto desenvolvido pela Energisa com recursos da  Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL.

Segundo o Coordenador de Eficiência Energética, Talis Henrique, os clientes foram mapeados a partir do cruzamento de dados daquelas pessoas que são inscritas no Cadastro Único, mas não têm a TSEE. “Estamos visitando essas pessoas e informando que elas podem ter direito ao benefício. Após a apresentação dos documentos necessários, o cadastro é realizado e enviado para análise.

Também é realizada análise do consumo de luz para inscrição em outros projetos da empresa. Caso seja aprovado, o cliente começa a pagar uma tarifa diferenciada que pode ter desconto de 65%”, frisou.

Desde outubro de 2018, a Energisa Rondônia já cadastrou mais de 66 mil clientes na tarifa social, que representa aumento de 97% de famílias beneficiadas pelo programa e demonstra o compromisso da empresa com os direitos de seus clientes.

Quem pode ter tarifa social?

O cliente que se encaixar nos critérios abaixo deve realizar o Cadastro Único nos programas sociais do Governo Federal nos Centros de Referência (CRAS) do seu município:

– Renda per capita menor ou igual a meio salário mínimo;

– Data de atualização no Cadastro Único não pode ser superior a 24 meses (2 anos);

– Estar com seu cadastro ativo, no banco de dados do BPC (LOAS);

A unidade consumidora não precisa estar cadastrada em nome do beneficiário do programa social, mas em nome de um familiar que resida junto ao titular. A solicitação pode ser realizada pelo titular ou terceiro em uma das agências de atendimento da Energisa em todo o Estado de Rondônia, apresentando os seguintes documentos:

– CPF, RG ou RANI (identidade indígena), NIS ou número do benefício BPC, nome completo do beneficiário, telefone para contato.

Depois de solicitada a inclusão, o pedido passará por análise e, se atender aos critérios, será deferido. Em caso de dúvidas, o cliente pode entrar em contato pelo 0800 647 0120. A ligação é gratuita, inclusive pelo celular.

                                                            

Tamiris Barcellos Ribeiro Garcia
Anl Comunicacao I –

tamiris.garcia@energisa.com.br

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Economia

Brasil tem 4,6 milhões de endividados sem capacidade de pagamento

Publicado

em

Por

No país, a população com carteira de crédito ativa atingiu 85 milhões de tomadores em dezembro de 2019

Foto: © Marcello Casal JrAgência Brasil

Cerca de 4,6 milhões de endividados no Brasil devem a instituições financeiras mais do que podem pagar. É o chamado, pelo Banco Central (BC), de endividamento de risco, formado por casos em que há inadimplência, comprometimento de renda, empréstimos em várias modalidades e renda abaixo da linha da pobreza.

No Brasil, a população com carteira de crédito ativa atingiu 85 milhões de tomadores em dezembro de 2019. Desse total, 5,4% ou 4,6 milhões de tomadores estavam em situação de endividamento de risco, informou hoje (4) o BC no Relatório de Economia Bancária.
 
Para fazer essa análise, o BC considerou como endividado de risco o tomador de crédito que atende a dois ou mais destes critérios: atrasos superiores a 90 dias no pagamento das parcelas de crédito; comprometimento da renda mensal acima de 50% devido ao pagamento do serviço das dívidas (pagamento de juros e amortizações do valor emprestado); várias modalidades de crédito simultaneamente: cheque especial, crédito pessoal sem consignação e crédito rotativo; renda disponível (após o pagamento do serviço das dívidas) mensal abaixo da linha de pobreza (R$ 439,03 mensais).

De acordo com o relatório, o percentual de endividados de risco é crescente com a idade, atingindo 7,8% da população endividada acima de 65 anos, praticamente o dobro do observado nos tomadores com até 34 anos (3,8%). Ou seja, dos 12,4 milhões de tomadores de crédito com idade acima de 65 anos, 1 milhão eram endividados de risco (7,8%). Entre 34 a 54 anos, o percentual é 4,9%, e entre 55 e 65 anos, 7,2%.
 
Quanto à faixa de renda mensal, a classe dos tomadores com renda entre R$ 5 mil e R$ 10 mil é a que apresenta a maior parcela de endividados de risco, 6,5%. Até R$ 1 mil, o percentual é 5,7%, entre R$ 1 mil e R$ 2 mil, 4,7%, entre R$ 2 mil e R$ 5 mil, 5,6%, acima de R$ 10 mil, 4,7%.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Destaques

Super Ofertas da Economia do Comercial Tradição nesta quinta, sexta e sábado

Publicado

em

Por

Continue lendo

Destaques

Comunicado Escola Padre Ezequiel Ramim, Cartão Alimentação

Publicado

em

Por

ATENÇÃO! A EEEFM PADRE EZEQUIEL RAMIN comunica aos responsáveis pelos alunos que possuem o BOLSA FAMÍLIA, que ainda não foram retirar o CARTÃO ALIMENTAÇÃO, para procurarem a escola, no período da manhã (das 8:00h às 12:00h) o mais rápido possível. Devem ter em mãos os documentos do responsável e do aluno e o Cartão Bolsa Família.

Fonte: Assessoria

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: