conecte-se conosco

Geral

Filho mais velho de Cafu morre de infarto durante jogo em casa

Publicado

em

O corpo de Danilo Feliciano de Moraes, filho de Cafu, está sendo velado no Memorial Parque Paulista, na cidade de Embu das Artes (SP), desde a madrugada desta quinta-feira. Danilo deverá ser enterrado no começo da tarde.

O filho mais velho do pentacampeão morreu aos 30 anos na última quarta-feira vítima de um infarto enquanto jogava bola na casa da família, em Barueri, região metropolitana de São Paulo

Velório de Danilo Feliciano de Moraes, filho de Cafu, está sendo em Embu das Artes (SP) — Foto: Fernando Vidotto

A informação foi confirmada pelo tetracampeão Paulo Sergio. Amigo da família, o ex-jogador disse que Danilo se sentiu mal depois de brincar por dez minutos, foi levado à unidade de Alphaville do Hospital Albert Einstein, mas não resistiu.

Na foto abaixo, postada por Cafu no último Dia dos Pais, Danilo, de branco, aparece ao lado dos dois irmãos com o pai.

CAFU TENTOU SOCORRER O FILHO

O jogador Cafu estava ao lado de seu filho Danilo Feliciano de Morais, de 30 anos, no momento de sua morte na noite desta quarta-feira (5).

Eles estavam reunidos na casa do próprio Cafu, em Alphaville, na Grande São Paulo, onde disputavam uma pelada no campo existente na residência. Vários outros amigos, presentes no jogo, acompanharam o momento dramático.

Danilo saiu de campo para um intervalo e, minutos depois, caiu desacordado. Ele sofreu um infarto no local.

O médico da família de Cafu também participava da pelada. De acordo com uma fonte próxima do jogador, assim que seu filho perdeu a consciência, Cafu correu para ampará-lo enquanto o médico realizava os primeiros socorros.

Danilo foi levado para a unidade de Alphaville do Hospital Albert Einstein, mas não resistiu.

Fonte: Globo.com/Época

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Educação

Colégio Priscila em Rolim é transformado oficialmente em Colégio Militar pelo governo de Ro

Publicado

em

Por

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Priscila Rodrigues Chagas, em Rolim de Moura, foi transformada em colégio militar através de decreto assinado pelo vice-governador, José Jodan, nesta quinta-feira (16).

‘‘Essa escola faz parte de uma demanda da população e é projeto de governo para melhoria do ensino, pois, onde esse modelo é implantado, temos alunos com notas melhores e queda no índice de criminalidade’’, garante.

Com essa medida, a escola passa a ser a oitava unidade de colégio militar de Rondônia. A transformação da escola em unidade VIII do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM) é considerada um grande avanço no eixo das ações estratégicas de educação. ‘‘É uma grande alegria assinar esse decreto da militarização da escola Priscila Rodrigues Chagas, em Rolim de Moura, e na medida do possível o governador coronel Marcos Rocha dará sequência a esta missão de criar novas unidades militares’’, disse Jodan.

O vice-governador, que está como governador em exercício, ainda agradeceu ao secretário chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, o secretário da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), José Hélio Cysneiros Pachá, e ao secretário de Estado da Educação (Seduc), Suamy Vivecananda, pelo esforço conjunto no avanço do desenvolvimento de Rondônia por meio do investimento em educação.

A Seduc e Sesdec proverá o colégio militar de recursos financeiros, patrimoniais e humanos, tanto o corpo docente quanto técnicos, auxiliares e demais profissionais. Assim também como serão transferidos recursos provenientes de programas federais destinados para colégios deste modelo de ensino.

Fonte: Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Geral

Alerta de perigo potencial de chuvas segue em Rondônia

Publicado

em

Por

Segundo Inmet, há risco de chuva de até 100 mm e ventos fortes para as cidades de Rondônia.

Continue lendo

Destaques

População reclama do acúmulo de lixo nas ruas de Alta Floresta D´Oeste Ro

Publicado

em

Por

Coleta do lixo deve ser normalizada em Alta Floresta nos próximos dias

Um problema chegou a redação do site Florestanotícias.com. Vários bairros da cidade com muito lixo para ser recolhido. O lixo doméstico vem se acumulando, segundo a população. São várias reclamações.

O caminhão da coleta ainda não circulou na maioria das ruas. “Fica muito lixo aqui na porta de casa. Esta é uma situação difícil. Coloquei o lixo já fias 10 dias e até agora nada deles passarem. Fica um cheiro insuportável”, disse a moradora da Avenida Rio de Janeiro.

Quem tem comércio pela região também se queixa dos problemas gerados pelo acúmulo de lixo. Durante entrevista, o prefeito Carlos Borges declarou que o caminhão coletor não está dando conta da demanda, principalmente com a quantidade de lixo produzida no final de ano.

O chefe do executivo adiantou que a situação vai se normalizar pelos próximos dias com uma força tarefa. Também afirmou que a prefeitura pretende adquirir mais um coletor com o recurso economizado pela Câmara de Vereadores e que foi devolvido aos cofres do município.

Fonte: Florestanoticias.com

 

Continue lendo

Publicidades

Tendências

%d blogueiros gostam disto: