conecte-se conosco

Politica

Governo de Rondônia cria cinco novos colégios militares e fortalece mobilidade na educação

Publicado

em

A criação dos colégios militares é um pedido da população,” ressaltou Marcos Rocha.

Na manhã da segunda-feira (17), o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, assinou os decretos de criação de cinco unidades do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM), por transformação de escolas estaduais em colégios militares, e realizou a entrega oficial 15 veículos para a Secretaria Estadual de Educação (Seduc). “A criação dos colégios militares é um pedido da população,” ressaltou Marcos Rocha.

Com a assinatura dos decretos foram transformadas em novas Unidades do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM), a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Padre Ezequiel Ramin, em Alta Floresta do Oeste; Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio 28 de Novembro, em Ouro Preto do Oeste; Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, em Cacoal; Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Alkindar Brasil de Arouca, em Guajará-Mirim; Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Raimundo Cantanhede, em Jaru.

Para o governador Marcos Rocha, que foi professor do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM), em Porto Velho, a implementação das escolas militares no Estado é uma forma de contribuir de forma efetiva com a educação por meio da introdução da disciplina. “Eu sempre digo que sem ordem não há progresso, isso está estampado na nossa bandeira, a bandeira do Brasil. Eu vejo o colégio militar como uma outra forma de você educar, a gente não pode desmerecer a educação tradicional, é claro! Mas temos que entender que o colégio militarizado, para aquelas crianças que gostam da área, não é um internato. Mas, sim, uma forma de receber o professor em pé, de prestar continência, de saber que entre os alunos também têm hierarquia. Isso é bom para o Brasil, é bom para o nosso Estado, é bom para as famílias,” explicou.

O Estado conta com oito colégios militares em funcionamento, sendo sete administrados pela Polícia Militar (Colégio Tiradentes) e um pelo Corpo de Bombeiro (Dom Pedro II). As unidades se concentram nos municípios de Porto Velho, distrito de Jaci-Paraná, Ariquemes, Ji-Paraná, Vilhena e Rolim de Moura.

O secretário da Seduc, Suamy Vivecananda Lacerda Abreu, disse que as escolas militares têm o fortalecimento da educação pela organização e disciplina. “Queremos levar a mesma qualidade de ensino das escolas militares para as escolas tradicionais. Cuidaremos de nossos filhos com a missão de levar a melhor educação para todos de Rondônia”.

15 veículos foram entregues para fortalecer as ações da Seduc

Durante a solenidade, o governador coronel Marcos Rocha entregou para o secretário da Seduc as chaves de 15 veículos utilitários que serão distribuídos para o monitoramento dos programas Educacionais; Conselho de Alimentação Escolar do Estado de Rondônia (Caero); Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) (Cacs) e para a Comissão de Fiscalização da Coordenadoria Regional de Educação de Costa Marques, Distrito de Extrema, Machadinho D’Oeste e Porto Velho.

Com esse trabalho conjunto entre o legislativo, Seduc, coordenadores, professores, pais e alunos, vamos fortalecer a educação e melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e fazer com que nosso Estado seja visto nacionalmente como um dos melhores no tocante à educação, moradia, segurança e saúde.

As novas unidades do Colégio Tiradentes da Polícia Militar (CTPM) é um anseio antigo da população que contou com a contribuição da indicação dos deputados estaduais Adailton Fúria, Cabo Jhony Paixão, Cassia das Muletas, Cirone da Tozzo, Dr. Neidson, Jean Oliveira.

Participaram do evento o secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, o secretário de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), coronel PM José Hélio Cysneiros Pachá, o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), coronel Demargli da Costa Farias, o comandante geral da Polícia Militar(PM), coronel Mauro Ronaldo Flôres Corrêa, o secretário Estadual de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Elias Rezende de Oliveira, entre outras autoridades presentes.

Fonte
Texto: Dhiony Costa e Silva
Fotos: Ésio Mendes e Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Destaques

Vídeo: Prefeito e secretário faz apelo a população pra não ficar muito tempo nas ruas

Publicado

em

Por

Continue lendo

Destaques

Publicado edital para contratação temporária de profissionais da saúde em Alta Floresta Ro

Publicado

em

Por

Foi divulgado o edital para processo seletivo para contratação de técnicos de enfermagem e enfermeiros para atender as necessidades da Secretaria Municipal de Saúde de Alta Floresta D’Oeste (RO).

De acordo com o edital, os profissionais contratados vão atuar no Hospital Municipal Vanessa e Vânia Fuzari, no combate ao coronavirus – a Civis 19. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais.

As inscrições ocorrem até o dia primeiro de abril, através do email: [email protected]

Uma errata ao edital fui publicada pela Secretaria Municipal de Saúde, com informações e o número de cargos para cada área. O documento foi repassado ao site Florestanoticias.com pelo presidente da Câmara de Vereadores de Alta Floresta, Dário Moreira (PP)

Abaixo a errata do edital.

 

 

 

Fonte: Florestanoticias.com

Continue lendo

Destaques

A Prefeitura de Alta Floresta autoriza o funcionamento dos comércios bas no dec estadual

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Alta Floresta D’Oeste divulgou na tarde desta sexta-feira (27), o decreto n° 10.031, que dispõe sobre as adequações de medidas de enfrentamento da emergência em Saúde Pública de importância internacional decorrente do novo Coronavírus – Covid-19.

O documento vai de encontro ao decreto nº 24.891, de 23 de março de 2020, do Governo do Estado. Tal medida, autoriza o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, conforme os termos do Decreto Estadual.

O documento assinado pelo prefeito de Alta Floresta D’Oeste, Carlos Borges, regulamenta as formas de prevenção a Covid-19 por parte dos comerciantes quanto aos atendimentos oferecidos a população. Entre as regras, higienizar, a cada três horas, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades o local de trabalho e suas repartições, manter distância mínima de dois metros entre os funcionários e clientes que utilizam das atividades do estabelecimento; manter à disposição e em locais estratégicos álcool em gel 70% para utilização dos clientes e funcionários do local; evitar aglomerações; e outras ações.

A elaboração do decreto municipal foi discutida na tarde desta quinta-feira (26). O decreto municipal veda o funcionamento de brinquedotecas, espaços kids, playgrounds, e espaços de jogos existentes nos estabelecimentos comerciais. O documento não determina o que deve ou não abrir na cidade, já que atende as regras do decreto estadual.

DECRETA:

Art. 1º Fica autorizado o funcionamento dos estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, conforme estabelecido no Decreto de Calamidade Estadual n° 24.887, de 20 de março de 2020, com alteração no Decreto Estadual n° 24.891, de 23 de março de 2020.

Art. 2º. Os estabelecimentos do comércio e serviços autorizados ao funcionamento previsto no art. 1, deste, deverão adotar as seguintes medidas, cumulativas:

I – Higienizar, a cada 3 (três) horas, durante o período de funcionamento e sempre quando do início das atividades, as superfícies de toque (corrimão de escadas e de acessos, maçanetas, portas, inclusive de elevadores, trinco das portas de acesso de pessoas, carrinhos, e bem como os pisos, paredes e banheiro, etc.), preferencialmente com álcool em gel 70% (setenta por cento) e/ou água sanitária, bem como com biguanida polimérica, quartenário de amônio, peróxido de hidrogênio, ácido peracético ou glucopratamina, assegurando o ambiente adequado a assepsia;

II – distância, mínima, de 2 m (dois metros) entre os funcionários e clientes que utilizam das atividades do estabelecimento; e
III – manter à disposição e em locais estratégicos, álcool em gel 70% (setenta por cento), para utilização dos clientes e funcionários do local; e
IV – Manter locais de circulação e áreas comuns com os sistemas de ar condicionados limpos (filtros e dutos) e, quando possível, manter pelo menos uma janela externa aberta, contribuindo para a renovação de ar.

V- adotar sistemas de escalas, de revezamento de turnos e alterações de jornadas, para reduzir fluxos, contatos e aglomerações de trabalhadores.
Parágrafo primeiro – Os funcionários que apresentarem sintomas definidos como identificadores do COVID-19, deverão ser afastados das atividades laborais, inseridos em regime de quarentena, e notificar a vigilância sanitária do município, preferencialmente através do telefone 3641-3505.

Parágrafo segundo – A lotação nestes estabelecimentos deverá obedecer, nas áreas de acesso ao público, a distância mínima de dois metros entre as pessoas. Parágrafo terceiro – Fica vedado o funcionamento de brinquedotecas, espaços kids, playgrounds, e espaços de jogos, eventualmente existentes nestes estabelecimentos.
Art. 3º Fica revogado o artigo 10 do decreto municipal n. 10.022 de 21 de março de 2020.

Art. 4º. O presente Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogando as disposições em contrário.

Alta Floresta D’ Oeste – RO, 27 de março de 2020.

Carlos Borges da Silva
Prefeito Municipal

Decreto

Continue lendo

Publicidades

Tendências

%d blogueiros gostam disto: