Home / Destaques / Vereadores e Deputado buscam esclarecimentos sobre a nova linha de transmissão.

Vereadores e Deputado buscam esclarecimentos sobre a nova linha de transmissão.

O Presidente da Câmara Robson Ugolini e os vereadores Dário Moreira e Maurão juntamente com Deputado Estadual Léo Moraes reuniram-se nesta segunda-feira (19) em Porto Velho afim de buscar esclarecimentos sobre a nova linha de transmissão.

A reunião aconteceu na Energisa, grupo que assumiu oficialmente no dia 30 de outubro, a distribuição de energia no estado de Rondônia, onde antes pertencia a Eletrobrás Rondônia (extinta Ceron). Com a mudança na gestão, 633 mil consumidores dos 52 municípios do estado passaram a ser atendidos pela Energisa. A nova linha de transmissão (linhão) que está sendo construída do Município de Rolim de Moura à Santa Luzia, segundo técnicos da Eletrobrás, resolveria aproximadamente 80% da problemática da constante falta de energia elétrica no Município de Alta Floresta D`Oeste. 

Fora assumido um compromisso com representantes da Eletrobrás que, este linhão estaria concluído em 90 dias, se passou um ano e a obra ainda não foi concluída.
Diante disso os parlamentares foram atrás de explicações, pois todas tentativas anteriores não surtiram efeito.

Segundo o Diretor Executivo da Energisa Sr. Luís Marcelo, as obras no estado foram paralisadas devido a privatização, o mesmo garantiu que todas as obras serão retomadas a partir do ano que vem, pois nesse momento a empresa está passando por transição e não conta com recursos para investimentos.

Pelos fatos, os parlamentares requisitaram total prioridade no atendimento a Alta Floresta D’Oeste por se tratar de um Município muito afetado há muito tempo pela má qualidade do serviço de fornecimento de energia elétrica.

Fonte: Florestanoticias.com/Decom

Comments

comments

pinheirao3
tudo_matecol
studiorsinfo
floresta_mt

Sobre floresta

Verifique também

Rondônia larga na frente e paga salário de dezembro neste sábado, 15

O planejamento desencadeado para o equilíbrio financeiro do estado de Rondônia mais uma vez foi …

Deixe uma resposta