Home / Esporte / Neymar diz que seleção superou o 7 a 1: ‘Passado é história’

Neymar diz que seleção superou o 7 a 1: ‘Passado é história’

Atacante evitou clima de revanche, mas se disse satisfeito com atuação da equipe na vitória por 3 a 1 sobre a França, em Paris

alx_467638132_original

A vitória da seleção brasileira sobre a França em Paris deixou o capitão da equipe, Neymar, bastante satisfeito. Autor de um bonito gol no duelo no Stade de France, o jogador do Barcelona disse que a sétima vitória consecutiva mostrou que o Brasil está se levantando depois do fracasso no Mundial de 2014. “Foi difícil depois do que aconteceu na Copa do Mundo. Mas demos a volta por cima. Sabemos que não podemos baixar a cabeça. O passado é história. Já fizemos sete jogos, e hoje foi muito bom. A autoestima não pode cair nunca”, afirmou Neymar nesta quinta-feira, logo após o triunfo por 3 a 1.

Para Neymar, não houve qualquer tipo de sentimento de revanche contra a França, 17 anos depois do 3 a 0 que deu ao time de Zinedine Zidane o título mundial. “É um estádio histórico, vencer dentro da casa deles é especial. Mas não tem essa de revanche. Passou muito tempo, é outro jogo, são outros jogadores. Não tem nada a ver. Só fizemos o nosso papel, que era vencer”, afirmou o atacante, que chegou a 43 gols pela seleção.

O técnico Dunga, que era o capitão do Brasil na derrota na Copa da França, também não quis falar em vingança. “Esse jogo de 1998 já ficou para a história. É sempre difícil ganhar da França. No futebol, você perde e ganha, mas é sempre bom ganhar contra um rival forte fora de casa, com as arquibancadas lotadas.”

Ele manteve os 100% de aproveitamento em sua segunda passagem e disse estar confiante, mas não eufórico, com o futuro da seleção. “Não sou eu que faço as coisas, são os jogadores que mostram suas qualidades em campo. Isto se deve ao trabalho e a dedicação. Estamos no caminho certo, mas a estrada é longa.”

No próximo domingo, a seleção brasileira terá um bom teste: encara o Chile, anfitrião da Copa América que acontece em julho, no Emirates Stadium, em Londres. A equipe chilena foi derrotada por 2 a 0 pelo Irã em amistoso nesta quinta-feira, mas ainda é vista como uma potência do continente por Dunga. “O Chile é uma das equipes que precisamos ficar de olho na Copa América, pelo fato de jogar em casa e por ter feito uma boa Copa do Mundo. É um time muito ofensivo. Foi um dos poucos times que jogou com três atacantes na Copa”, elogiou.

Fonte: Veja

Comments

comments

pinheirao3
tudo_matecol
studiorsinfo
floresta_mt

Sobre floresta

Verifique também

Robson Ugolini faz entrega de uniformes para 24 equipes de futebol várias categorias

Neste sábado (26), o vereador Robson Ugolini faz entrega de uniformes para 24 equipes de …

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: