Home / Destaques / Frio de até -40ºC ‘congela’ cidades nos EUA e provoca mortes

Frio de até -40ºC ‘congela’ cidades nos EUA e provoca mortes

Termômetros marcaram até -40°C. Partes do corpo, principalmente as extremidades, podem congelar em poucos minutos caso a pessoa saia ao ar livre com temperaturas tão frias.

Homem se protege do frio em Wisconsin durante vórtice polar nos EUA — Foto: John Ehlke/West Bend Daily News via AP

A onda de frio extremo nos Estados Unidos deixou ao menos 12 mortos, segundo levantamento mais recente divulgado nesta quinta-feira (31). Por causa do vórtex-polar (saiba mais sobre o fenômeno mais abaixo), as temperaturas no país despencaram para cerca de -40°C – com sensação térmica menor ainda.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos EUA (NWS, na sigla em inglês) alerta para o risco de congelamento em dias frios como estes. Partes do corpo, principalmente as extremidades, podem congelar em poucos minutos caso a pessoa saia ao ar livre com temperaturas tão frias.

Debaixo de neve e frio extremo, pessoas circulam pela Times Square, em Nova York, durante onda de frio nos EUA — Foto: Brendan McDermid/Reuters

Debaixo de neve e frio extremo, pessoas circulam pela Times Square, em Nova York, durante onda de frio nos EUA — Foto: Brendan McDermid/Reuters

Cinco estados decretaram emergência e as escolas ficaram fechadas. A onda de frio cobriu uma região onde vivem 200 milhões de pessoas – ou 65% da população norte-americana. Em dez estados, até as entregas dos Correios tiveram de ser suspensas.

Passageiros aguardavam trem enquanto a neve caía em Chicago, nos EUA, na segunda-feira (28) — Foto: Kiichiro Sato/AP

Passageiros aguardavam trem enquanto a neve caía em Chicago, nos EUA, na segunda-feira (28) — Foto: Kiichiro Sato/AP

Cachorro anda em rua congelada de Buffalo, Nova York, durante onda de frio nos EUA — Foto: Lindsay DeDario/Reuters

Cachorro anda em rua congelada de Buffalo, Nova York, durante onda de frio nos EUA — Foto: Lindsay DeDario/Reuters

No oeste do estado de Nova York, uma tempestade deixou cidades cobertas com até 51 centímetros de neve. Além disso, diversas escolas no norte dos EUA cancelaram as aulas, e cerca de 1,7 mil voos saindo e chegando ao aeroporto de Chicago.

Homem retira neve acumulada de rua de Buffalo, Nova York, durante onda de frio nos EUA — Foto: Lindsay DeDario/Reuters

Homem retira neve acumulada de rua de Buffalo, Nova York, durante onda de frio nos EUA — Foto: Lindsay DeDario/Reuters

Trilhos de trem estavam cobertos de neve em Chicago, nos EUA, na segunda-feira (28) — Foto: Kiichiro Sato/AP

Trilhos de trem estavam cobertos de neve em Chicago, nos EUA, na segunda-feira (28) — Foto: Kiichiro Sato/AP

Ao longo do fim de semana, porém, a temperatura nos EUA pode subir rapidamente. De acordo com a Associated Press, os termômetros de Moline, Illinois, devem marcar 9°C na segunda-feira – uma diferença de 45 graus para os -36°C registrados nesta quinta-feira.

Vórtice polar

Mulher mostra que água fervente congela assim que entra em contato com ar congelado durante onda de frio nos EUA — Foto: @melissa_takes_fashion/via REUTERS

Mulher mostra que água fervente congela assim que entra em contato com ar congelado durante onda de frio nos EUA — Foto: @melissa_takes_fashion/via REUTERS

O fenômeno que fez a temperatura nos EUA despencar se chama vórtice polar. São ventos que giram como um redemoinho sobre o Polo Norte.

Neve e gelo cobrem porto no Lago Michigan, em Chicago, na quarta-feira (30) — Foto: Nam Y. Huh/AP

Neve e gelo cobrem porto no Lago Michigan, em Chicago, na quarta-feira (30) — Foto: Nam Y. Huh/AP

Carros ficaram cobertos de neve em Chicago, na segunda-feira (28) — Foto: Rich Hein/Chicago Sun-Times via AP

Carros ficaram cobertos de neve em Chicago, na segunda-feira (28) — Foto: Rich Hein/Chicago Sun-Times via AP

Cataratas do Niágara ficam parcialmente congeladas no lado americano em Niagara Falls, no estado de Nova York, observadas desde o lado canadense em Ontario — Foto: Moe Doiron/Reuters

Cataratas do Niágara ficam parcialmente congeladas no lado americano em Niagara Falls, no estado de Nova York, observadas desde o lado canadense em Ontario — Foto: Moe Doiron/Reuters

A região afetada pelo frio extremo fica relativamente longe do círculo polar. No entanto, neste fenômeno, os ventos frios são atingidos por uma massa de ar quente. O sistema, então, se desestabiliza, e os ventos gelados se deslocam em direção ao sul.

Fonte: G1

Comments

comments

pinheirao3
tudo_matecol
studiorsinfo
floresta_mt

Sobre floresta

Verifique também

Linha 45 km 5 sentido aeroporto rio transborda e ponte fica embaixo d’água

Vídeo Enviado Locutor Leone Comments comments Relacionado

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: