Home / Agricultura / Emater de Alta Floresta leva produtores para conhecer novas tecnologias

Emater de Alta Floresta leva produtores para conhecer novas tecnologias

A EMATER – Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, por meio do escritório de Alta Floresta D’Oeste, promoveu uma excursão para produtores de café. A ação foi realizada nesta terça-feira (27), na Linha P-38, em Alto Alegre dos Parecis, na propriedade do senhor Nilton, e contou com a presença de vários técnicos da empresa e do gerente do escritório de Alta Floresta, Paulo Henrique.

Entre os objetivos da excursão estava, conhecer uma produção de café sustentável – sem uso de agrotóxicos e com alto índice tecnológico, de um produtor que ficou em segundo lugar no concurso de melhor café de Rondônia em 2017. “Observamos que a propriedade realiza secagem de café na estufa. Uma modalidade diferenciada, buscando qualidade do café”, disse Paulo.

O gerente destacou que a Emater visa a melhoria da qualidade de café, sem diminuir a quantidade de produção, trabalhando com cafeicultores tradicionais do município. “É uma ação importante que promove troca de experiências e tecnológicas. Traz a melhoria de produtividade e produção, e maior sustentabilidade para a cafeicultura. É por isto que incentivamos esta troca de conhecimentos”, citou.

A propriedade visitada não utiliza agrotóxicos a mais de cinco anos. São mais de 30 mil pés de café plantados em uma área de aproximadamente 10 hectares. Em 2017 a produção chegou a 480 sacas, com saca que chegou a ser vendida a 500 reais.

“A visita vai de encontro com o que as indústrias de café estão procurando, um café de qualidade. Buscando esta parceria e esta melhoria, estamos incentivando os produtores a buscar a qualidade da produção do café”, finalizou Paulo Henrique.

Fonte: Leandro Pereira/florestanotícias.com

Comments

comments

pinheirao3
tudo_matecol
studiorsinfo
floresta_mt

Sobre Leandro Pereira

Verifique também

Rondônia larga na frente e paga salário de dezembro neste sábado, 15

O planejamento desencadeado para o equilíbrio financeiro do estado de Rondônia mais uma vez foi …

Deixe uma resposta