Conecte-se conosco

Eventos

Porto Velho vai liberar eventos de grande porte, mas só para os vacinados contra Covid

Publicado

em

Liberação deve ocorrer a partir da próxima semana. Anúncio foi feito após a capital aplicar 10.600 doses de vacina contra a Covid-19 em um único dia.

Hildon Chaves anuncia que deve liberar eventos de grande porte — Foto: Leandro Morais/Secom Prefeitura Porto Velho

O prefeito Hildon Chaves (PSDB) anunciou que deve liberar eventos de grande porte em Porto Velho a partir da próxima semana. O anúncio foi feito na noite de sábado (16), após a capital aplicar 10.600 doses de vacina contra a Covid-19 em um único dia.

No entanto, de acordo com o chefe do executivo, a participação em grandes eventos só será permitida para quem se vacinou contra o coronavírus.

“Ainda na próxima semana devo liberar eventos de grande porte em Porto Velho, mas só vai participar quem tiver com o cartão de vacina preenchido. As vacinas salvam e a redução dos casos se devem a elas. Vacinem-se”, escreveu Hildon no Twitter

Dia V de Vacinação

No sábado, a prefeitura realizou o “Dia V” de multivacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), no Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) e também nos distritos de Calama e Nova Califórnia.

Além da vacina contra Covid, a ação ofertou a vacina BCG, contra a tuberculose, imunizantes contra as hepatites A e B, poliomielite e rotavírus, a pentavalente contra difteria, tétano, coqueluche, meningite e pneumonia, e também doses contra caxumba, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, varicela e HPV.

A campanha iniciou no inicio do mês e segue buscando alcançar crianças e adolescentes de até 15 anos.

Segundo o prefeito, foram aplicadas 10.600 doses de vacina contra a Covid no sábado.

Intervalo reduzido

Na última semana, o município de Porto Velho anunciou uma redução no intervalo entre a 1ª e 2ª dose das vacinas Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac. Agora são 28 dias entre uma dose e outra.

A decisão de reduzir o intervalo tem o objetivo de acelerar a quantidade de pessoas imunizadas, “tendo em vista que a vacinação é a medida que evita a disseminação do coronavírus e impede a propagação da variante Delta, já confirmada no território rondoniense”.

Além disso, Porto Velho liberou a aplicação da dose de reforço, ou terceira dose da vacina contra a Covid-19, para todos os grupos do esquema vacinal.

Para receber o reforço do imunizante, o morador precisa obedecer o intervalo de seis meses após ter recebido a 2ª dose.

Fonte: G1/RO

Clique para comentar

Deixe seu comentário

--Publicidade--

Ultimas Notícias

--Publicidade--

Publicidades

Agronegócio

Policial

Internacional

Tendências

%d blogueiros gostam disto: