Conecte-se conosco

Eleições

Vereador Alex da p42 agradece a todos os eleitores que votaram

Publicado

em

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Eleições

Mesária morre na votação; filha trabalhava na mesma zona e viu a morte da mãe

Publicado

em

Por

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), uma mulher que trabalhava como presidente de seção morreu neste domingo (29) durante o segundo turno. A mesária passou mal logo no início dos trabalhos e, apesar de ter sido socorrida às pressas, acabou não resistindo. As causas da morte ainda não são públicas.

A tragédia aconteceu por volta das 7h, quando os portões há pouco foram abertos para os eleitores. Ana Cláudia de Souza havia sido escalada para trabalhar como presidente de seção na Escola Pintor Lauro Vilares, no bairro do Bongi, na Zona Oeste da cidade de Recife. No momento em que passou mal, contou com a ajuda de policiais militares que estavam reforçando a segurança do local, realizando manobras de primeiros socorros.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionado, mas a vítima foi conduzida até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Torrões, na Zona Oeste da cidade, por veículo particular de terceiros que se mobilizaram no resgate. O óbito foi constatado na unidade de saúde.

O presidente do TRE, Orson Lemos, afirma que a filha da vítima também trabalhava como mesária na mesma escola, mas em outra seção eleitoral. Noticiada que a mãe estava passando mal,  afilha precisou abandonar o posto para tentar auxiliá-la.

“A filha dela era secretária da seção ao lado, a mãe era presidente da seção. Então, a filha foi liberada e substituímos elas depois”, declarou. “Em Pernambuco eu desconheço outro caso. Já teve caso de passar mal, ficar doente, mas falecer é o primeiro”, continuou o diretor do TRE.

Fonte: www.i7news.com.br/

Continue lendo

Eleições

Bomba: TSE encontra irregularidades nas contas de candidatos e vai acionar TREs

Publicado

em

Por

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encontrou indícios irregularidades no valor de R$ 60 milhões nas prestações de contas de candidatos às eleições municipais deste ano. A informação faz parte de uma investigação realizada pelo núcleo de inteligência da Justiça Eleitoral.

A maior parte das irregularidades envolve doações feitas por pessoas que não têm emprego formal. Nesse caso, houve 9.068 casos que somaram R$ 33 milhões. Também foram registrados R$ 17 milhões em repasses incompatíveis com a renda e 15 doadores que aparecem como falecidos em um sistema de controle de óbitos.

O TSE também encontrou 1.289 prestadores de serviços que são beneficiários do Bolsa Família, além de 1.227 doadores que recebem outros benefícios sociais do governo. 925 empresários que são parentes de candidatos receberam R$ 1,6 milhão das campanhas.

As irregularidades encontradas pelo grupo inteligência da Justiça Eleitoral serão enviadas para providências dos tribunais regionais eleitorais e do Ministério Público.

O grupo é composto por representantes do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Receita Federal, Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério da Cidadania, entre outros

Fonte: Midiarondonia

Continue lendo

Eleições

Entrevista: Junior Melo vereador eleito em Alta Floresta D`Oeste Ro

Publicado

em

Por

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: