Conecte-se conosco

Eleições

Usando drones e efetivo em cidades de Rondônia, PF vai coibir crimes eleitorais este ano

Publicado

em

Os equipamentos serão alocados em municípios estratégicos
 
A Polícia Federal em Rondônia está colocando em prática o seu planejamento operacional, buscando viabilizar a presença do efetivo em diversos municípios e distritos do Estado, atuando conjuntamente com outros órgãos envolvidos na organização e segurança das eleições.
 
As equipes policiais já iniciaram o deslocamento para as localidades abarcadas pelo planejamento, buscando imprimir uma atuação preventiva e repressiva no combate aos crimes eleitorais.
 
Neste ano, com o intuito de aumentar a segurança nas eleições, a PF/RO utilizará aeronaves remotamente pilotadas como ferramenta para inibir a prática de crimes eleitorais. Os drones irão sobrevoar as principais zonas eleitorais do Estado, ajudando a fiscalizar e combater crimes como boca de urna e transporte irregular de eleitores. Os equipamentos serão alocados em municípios estratégicos.
 
Além disso, a Polícia Federal irá monitorar, em tempo real, possíveis ocorrências geradas durante a realização das eleições e já vem trabalhando com diversas investigações de combate a crimes eleitorais.
 Fonte: Folha do Sul
Autor: Assessoria

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Eleições

Bomba: TSE encontra irregularidades nas contas de candidatos e vai acionar TREs

Publicado

em

Por

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) encontrou indícios irregularidades no valor de R$ 60 milhões nas prestações de contas de candidatos às eleições municipais deste ano. A informação faz parte de uma investigação realizada pelo núcleo de inteligência da Justiça Eleitoral.

A maior parte das irregularidades envolve doações feitas por pessoas que não têm emprego formal. Nesse caso, houve 9.068 casos que somaram R$ 33 milhões. Também foram registrados R$ 17 milhões em repasses incompatíveis com a renda e 15 doadores que aparecem como falecidos em um sistema de controle de óbitos.

O TSE também encontrou 1.289 prestadores de serviços que são beneficiários do Bolsa Família, além de 1.227 doadores que recebem outros benefícios sociais do governo. 925 empresários que são parentes de candidatos receberam R$ 1,6 milhão das campanhas.

As irregularidades encontradas pelo grupo inteligência da Justiça Eleitoral serão enviadas para providências dos tribunais regionais eleitorais e do Ministério Público.

O grupo é composto por representantes do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Receita Federal, Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério da Cidadania, entre outros

Fonte: Midiarondonia

Continue lendo

Eleições

Entrevista: Junior Melo vereador eleito em Alta Floresta D`Oeste Ro

Publicado

em

Por

Continue lendo

Eleições

Vereador Alex da p42 agradece a todos os eleitores que votaram

Publicado

em

Por

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: