Conecte-se conosco

Economia

REDUÇÃO: Aneel prevê conta de luz mais barata no Estado de Rondônia

Publicado

em

Senador Marcos Rogério explica que a redução é fruto da MP 998/2020

Quando o assunto é energia, os rondonienses não esperam por boas notícias. Mas dessa vez, os consumidores de Rondônia podem comemorar. É que a previsão da Agência Nacional de Energia Elétrica é de que as contas de luz fiquem no mínimo 2,34% mais baratas no estado.
A Aneel deliberou nesta terça-feira, 15 de setembro, sobre a abertura de Consulta Pública sobre a solicitação de Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) da Energisa Rondônia, uma prerrogativa concedida às concessionárias que foram submetidas ao processo de desestatização.
Contudo, segundo indicou o diretor da Aneel, Efraim Cruz, o reajuste deve ser no sentido de reduzir o valor da tarifa, como reflexo da MP 998/2020 editada pelo governo federal, com sugestões apresentadas pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO). “Apesar da solicitação de Revisão Tarifária Extraordinária feita pela Energisa Rondônia, os efeitos da Medida Provisória irão proporcionar amortecimento dos índices de reajuste a serem percebidos nas contas dos consumidores. Portanto, o impacto será negativo, o que implica em redução de pelo menos 2,34% na energia do estado”, explicou Efraim.
Presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado e vice-líder do governo, Marcos Rogério (DEM-RO) apresentou sustentação oral, durante a audiência da Aneel, defendendo a redução na tarifa. “A promessa para correção de muitos dos problemas enfrentados pelos consumidores de Rondônia foi a privatização da Eletrobrás. Os consumidores tinham a expectativa de uma energia mais barata, melhoria do serviços prestados e diminuição de quedas de energia. No entanto, não foi isso que os consumidores receberam. A entrada da Energisa foi marcada por denúncias de irregularidades, aumentos indevidos de contas e reajustes absurdos”, destacou o senador.
Os índices definitivos a serem aplicados para redução da tarifa de energia em Rondônia serão aprovados após a consulta pública realizada pela Aneel sobre a solicitação de Revisão Tarifária Extraordinária da Energisa, que será realizada entre 16 de setembro e 3 de novembro. A consulta terá ainda uma audiência pública virtual prevista para ocorrer no dia 8 de outubro de 2020. “Minha certeza é que com a abertura de um processo de discussão com a sociedade, o único desfecho possível é a redução das contas de energia paga pelos consumidores de Rondônia, qualquer movimento diferente disso será frustrante para os cidadãos de Rondônia”, concluiu.
Vale destacar que grande parte dos dispositivos da Medida Provisória são oriundos do PLS 232/2016, relatado pelo senador Marcos Rogério. Segundo o parlamentar, essa é uma pequena vitória para os consumidores de Rondônia, que vêm sofrendo há tempos com aumentos abusivos e outros tipos de irregularidades cometidos pela Energisa. “Desde que assumi o mandato, venho batalhado para garantir uma energia farta, de qualidade e a um preço justo. E agora em 2020, a partir de todo um trabalho técnico desenvolvido junto ao Governo Federal na elaboração da MP 998 estou convicto de que demos um importante passo nesse sentido”, ressalta o senador rondoniense.
A MP 998 alterou uma série de leis no setor elétrico, entre elas a forma de classificação dos custos da CDE. “Em Rondônia, esses custos deixam de ser considerados pelo critério geoelétrico e passam a ser classificados pelo sistema geográfico. Só isso trará um amortecimento futuro de 7,10% na tarifa de energia do estado e se juntarmos todos os dispositivos elencados na Medida Provisória, estamos falando em redução de cerca de 14,5% ao longo dos próximos 5 anos”, explica o senador Marcos Rogério.
Fonte: Assessoria

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Economia

Governo autoriza Petrobras a importar gás da Bolívia até o final de 2020

Publicado

em

Por

Esferas de armazenamento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) da Refinaria Duque de Caxias – REDUC

O Ministério de Minas e Energia autorizou a Petrobras a exercer atividades de importação de gás natural da Bolívia em volume total de até 10,08 milhões de metros cúbicos por dia.

A autorização, válida até o final de 2020, foi publicada pela pasta no Diário Oficial da União desta quarta-feira (28) e envolve ainda aval para importação adicional de até 1 milhão de metros cúbicos por dia para uso no sistema de transporte.

De acordo com a publicação do ministério, o gás a ser importado terá como mercado potencial o atendimento à demanda de usinas termelétricas, com transporte através do gasoduto Bolívia-Brasil.

O local de entrega do insumo será na fronteira entre os dois países em Corumbá, no Mato Grosso. A Petrobras deverá apresentar à Agência Nacional de Petróleo (ANP) relatórios sobre as operações de importação realizadas, incluindo volumes diários.

Fonte: AGÊNCIA BRASIL

Continue lendo

Agronegócio

Embaixador de israel busca estreitar relações comerciais com a importação da carne bovina de Ro

Publicado

em

Por

Oportunidades de investimentos são apresentadas ao embaixador de Israel, como a carne bovina resfriada produzida no Estado.

Em sua primeira visita a Rondônia, o embaixador de Israel, Yossi Sheley está conhecendo de perto as potencialidades do Estado com intuito de estreitar relações comerciais, em especial, focar na importação da carne bovina resfriada produzida na região. Com isso, o Estado tem uma grande oportunidade de ampliar sua produção e impulsionar ainda mais a economia.

Durante coletiva de imprensa, na tarde desta segunda-feira (26), o embaixador manifestou seu interesse nas potencialidades oriundas de Rondônia e em fortalecer a relação comercial. “Viemos ver de perto a produção desse Estado, que tem um grande potencial de exportação de carne bovina. O meu objetivo aqui é fazer negócio. E onde tem boa qualidade e preço bom, nós vamos”, declarou Yossi Sheley, que também destacou a importância da visita pela primeira vez, de um embaixador de Israel no Estado. Para ele, um marco histórico.

Ainda durante a coletiva, o governador do Estado de Rondônia, coronel Marcos Rocha salientou que o Estado já exporta carne bovina para Israel, além de outros produtos, e anseia ampliar os negócios com a exportação do pescado produzido na região, em especial, o Tambaqui. Além disso, o governador enfatiza o interesse do Estado em gerar um comércio bilateral com Israel. “Também temos o interesse nos produtos de Israel, um deles é o uso da tecnologia. Pois sabemos que Israel é um grande desenvolvedor de tecnologias e nós podemos, sim, de forma correta, respeitando o Meio Ambiente, usar essa tecnologia para facilitar o comércio dos produtos que temos”, enfatizou.

Após a coletiva, o embaixador de Israel, juntamente com sua comitiva, participou da reunião com o governador Marcos Rocha e parte de seu secretariado, em que foram apresentadas as potencialidades econômicas de Rondônia.

POTENCIAL ECONÔMICO DO ESTADO

O embaixador teve a oportunidade de conhecer dados que comprovam a saúde financeira do Estado, bem como o seu desenvolvimento. Esses dados foram apresentados pelo superintendente Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), Sérgio Gonçalves, que destaca Rondônia ter um excelente índice de poupança corrente, liquidez e não endividamento. “Rondônia é ‘Capag (Capacidade de Pagamento) AAA’ e isso indica a solidez fiscal histórica e também confiança nas finanças do Estado. E, Rondônia está em primeiro lugar em transparência do mundo”, salientou.

Rondônia é o Estado que mais cresce no país, com taxas superiores à média nacional. Em 2020, poderá passar a marca dos R$ 50 bilhões em Produto Interno Bruto (PIB). Sua base econômica tem se destacado cada vez mais. Na região Norte, o Estado é o primeiro exportador de carne bovina, o segundo maior produtor de soja, o terceiro maior produtor de arroz e, também, o primeiro produtor de leite. Além disso, Rondônia é o segundo maior produtor de peixe nativo do Brasil.

Além disso, também foram citadas diversas oportunidades de investimentos no Estado, da Agricultura a parcerias público – privadas. Na ocasião, o governador Marcos Rocha destacou os resultados positivos dos trabalhos desenvolvidos por cada secretário e reforçou a importância da união de todos os rondonienses em prol do desenvolvimento de Rondônia. “Assim como vemos em Israel, é muito importante nós gerarmos uma cultura diferente de crescimento, juntamente com a população. E temos buscado esse diferencial. Muita gente querendo continuar o processo de mudança que instalamos”, declarou.

Após a apresentação, o embaixador de Israel, junto ao Marcos Rocha se reuniu com lideranças religiosas. A visita do embaixador ao Estado segue até quarta-feira (28). A programação para os próximos dias inclui visitas aos municípios de Ariquemes e Jaru.

Fonte: Rondoniarural

Continue lendo

Economia

Preços dos ovos recuam

Publicado

em

Por

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: