Conecte-se conosco

Politica

Jean Oliveira agradece a Deus pela cura da covid-19 e diz que doença o fez refletir sobre a vida

Publicado

em

Deputado fez discurso emocionado, após enfrentar o coronavírus, agradecendo a todos que o apoiaram

O deputado Jean Oliveira (MDB) fez um discurso emocionado de agradecimento, na sessão desta terça-feira (11), após se curar da covid-19. “Quero agradecer a Deus, por ter me dado mais uma chance. A Ele todo o meu reconhecimento. Agradeço ao carinho da família, dos amigos e de todos os colegas deputados. Sou grato a todos os que oraram, os que intercederam a Deus por nossa saúde”, destacou.

Segundo ele, “tudo isso que vivi nos traz uma reflexão muito grande e passamos a dar valor a pequenos detalhes, que ás vezes nos passam despercebidos. A vida é um sopro, como muito se diz. O que passei, entendi que isso é uma grande verdade. Fui ao hospital conversando e em poucas horas estava na UTI”.

De acordo com Jean Oliveira, “a gente começa a entender que existe um propósito na vida, que Deus é o dono de tudo e que a nossa família é o nosso grande esteio. Tenho 31 anos e aqui nesta casa, tenho colegas de mais idade, considerados do grupo de risco, que contraíram a doença, mas que não tiveram, graças a Deus, tantas implicações”.

O parlamentar disse ainda que “reconheço, em especial, o trabalho dos técnicos de enfermagem, que nos cuidam com muito profissionalismo e atenção. Merecem o nosso reconhecimento, assim como os demais profissionais de saúde, que são verdadeiros heróis”.

Desabafo

O parlamentar fez ainda um desabafo, criticando a divulgação, por membros do Ministério Público, de uma notícia classificada por ele como “fake news”, que apontava que os deputados estaduais receberiam auxílio saúde mensal, o que não condiz com a verdade.

“Registro ainda que a maioria dos veículos de comunicação trataram o meu caso com muito respeito. Sou deputado, mas acima de tudo sou um ser humano. Enfrentei momentos difíceis, mas agradeço a cada um que me conhece e que sabe de minha índole”, relatou.

Ele manifestou indignação com membros do Ministério Público que, em plena recuperação, fez uma exposição mentirosa da Casa e dos deputados, na opinião dele. “Não tiveram respeito ao próximo, ao ser humano. Plantaram uma mentira pública, formando uma opinião distorcida. Aqui, somos vigiados e cobrados a todo tempo e a divulgação de uma mentira, prejudica de forma traiçoeira a todo o Parlamento. Meu repúdio a essa nota mentirosa que foi assinada por membros do Ministério Público”, relatou.

De acordo com Jean Oliveira, “estou aqui para dar explicações ao povo, não ao Ministério Público, que considero uma instituição importante, mas condeno essa atitude, criando uma fake news, jogando na mídia o meu nome, associando a uma inverdade, de que a Assembleia pagaria auxílio saúde aos deputados”.

Em aparte, Jair Montes (Avante) disse que “louvo a Deus pelo seu retorno a esta Casa, vivo e podendo contar a sua experiência de vida. Quando passamos por um momento de dor, nos transforma. Sei muito bem o que é isso. E sobre o Ministério Público, a instituição não pode abrir mão de seu papel, mas é importante o respeito e a verdade sempre. O senhor é um milagre de Deus, por sua recuperação”.

Também em aparte, o deputado Edson Martins (MDB) ressaltou o trabalho desenvolvido pelo deputado Jean, também criticou os ataques sofridos por ele, em pleno tratamento de saúde, e saudou o colega pelo seu retorno com saúde, para trabalhar pelo Estado de Rondônia.

“Que possa retomar o seu grande trabalho, deputado Jean. O senhor foi vítima duas vezes: da covid-19 e de pessoas caluniadoras, infelizmente”, disse Martins.

Já o deputado Ezequiel Neiva (PTB) ressaltou que “todos somos solidários ao deputado Jean. Que possa ter muita força, muita saúde para lutar em prol do povo rondoniense”.

A deputada Rosângela Donadon (PDT), que presidia a sessão no momento, disse que o retorno do deputado alegra a todos na Casa. “Que Deus continue te abençoando e que possa retomar seu trabalho com todo o vigor. Nós sabemos de seu trabalho e de sua dedicação ao seu mandato”.

Recursos

Por fim, o deputado disse que, desde o começo da pandemia, se posicionou em defesa da assistência à saúde, votando projetos, defendendo ações do poder público e acompanhando os trabalhos.

“Estou trabalhando para destinar cerca de R$ 2 milhões das minhas emendas individuais para o combate ao coronavírus em Rondônia. Também quero ouvir os profissionais de saúde, para sabermos onde podemos ajudar, onde podemos atuar em parceria. Não podemos deixar os nossos profissionais se contaminarem, temos que protegê-los”, finalizou.

Assessoria

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Eleitoral

Alta Floresta D’Oeste caminha para ter quatro candidatos a prefeito

Publicado

em

Por

A semana ainda não terminou, mas sem dúvida já é uma das mais movimentadas no cenário político de Alta Floresta d’Oeste, em Rondônia, com a realização das convenções partidárias para as eleições municipais deste ano.

Se a busca para fechar uma nominata de candidatos a vereadores é complicada, o cenário para a composição majoritária é ainda mais desafiador.
Em Alta Floresta ainda não está definido, mas caminha para ter quatro candidatos a prefeito nas eleições deste ano.
As projeções estão baseadas em cima das convenções realizadas durante a semana.

O Partido dos Trabalhadores foi o primeiro a realizar sua convenção no município. A sigla manteve a pré-candidatura a prefeito anunciada em julho pelo Diretório Municipal. O partido segue com o professor Ademar Dias Guimarães, um dos pioneiros da cidade. O vice deve ser do próprio partido. Lideranças afirmar que Victor Fernandes Pereira Filho, o Vitinho, aceitou o convite.

Durante convenção realizada nesta terça-feira (15), o DEM confirmou a pré-candidatura de Álvaro Marcelo Bueno a prefeito. Vereador, advogado e um dos grandes nomes no cenário local, Álvaro vinha cogitando participar do pleito.

Para a composição majoritária, o DEM deve contar com apoio do PDT, do ex-prefeito Vantuil do Posto. O PDT aprovou a aliança durante sua convenção.
O Podemos – partido que realizou sua convenção na quarta-feira (16), já adiantou que tem nome próprio para disputar o cargo de prefeito. Pela legenda, foi anunciado como pré-candidato, o ex-secretário de agricultura do município, Giovan Damo. O Podemos deve disputar com chapa “puro sangue” a prefeitura de Alta Floresta, tendo como vice, o vereador Robson Ugolini. Os nomes também foram aprovados na convenção.

A DC (Democracia Cristã) – partido conhecido anteriormente como Partido Social Democrata Cristão (PSDC) – também anunciou que vai disputar a cadeira do Executivo Municipal. O partido lançou como pré-candidato, o Paulo do Cartório. A legenda anunciou que vai como a chapa “puro sangue”, tendo como vice, Vanderley Raasch.
Partidos como MDB, PP e PSDB que vinham figurando nomes para disputar o cargo de prefeito, não avançaram em suas pretensões.

As eleições municipais ocorrerão em 15 de novembro, com segundo turno marcado para 29 de novembro. Os eleitores escolherão o novo prefeito, vice-prefeito e vereadores da cidade de Alta Floresta D’Oeste.

Redação: Leandro Pereira

Fonte: Florestanoticias.com

Continue lendo

Destaques

Governo prorroga para 30 de dezembro prazo de pagamento de IPVA dos veículos com placas finais em 8, 9 e 0

Publicado

em

Por

Em mais uma importante iniciativa em benefício do contribuinte, o Governo de Rondônia prorrogou, por meio da Lei Estadual 4856/2020, para até 30 de dezembro de 2020, o prazo para pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de todos os veículos licenciados no Estado com placas de final 8, 9 e 0, que venceriam de agosto a outubro.

Segundo o secretário Luís Fernando Pereira da Silva, titular da Secretaria de Finanças (Sefin), a decisão que adia legalmente o pagamento do imposto prevê também que nenhum centavo será acrescido ao valor original do tributo, sem acréscimos durante esse novo período. Ele informou que esta é mais uma importante medida do Governo de Rondônia, no conjunto das outras que têm sido tomadas para aquecer a economia, proteger as empresas e os contribuintes e promover a retomada da atividade econômica do Estado.

Ele explicou que, nos termos desta lei, para fazer jus ao benefício neste período com o prazo estendido até 30 de dezembro, sem acréscimos, o pagamento do imposto deverá ser feito à vista, conforme previsão do Parágrafo Único do artigo 1º da lei, gizado nos seguintes termos: “O benefício de que trata o caput fica condicionado ao pagamento total à vista e em moeda corrente, até 30 de dezembro de 2020”.

Contudo, o secretário lembrou que continuam em vigor as normas que concedem desconto ao contribuinte por pagamento antecipado do IPVA, isto é, desconto de 10% para quem pagar com dois meses de antecedência em relação ao vencimento original, e desconto de 5% para quem pagar com um mês de antecedência. Assim, se o final da placa for 0, por exemplo, embora o novo prazo seja 30/12/2020, caso o contribuinte pague até 30 de setembro de 2020, fará jus a um desconto de 5% do valor do seu IPVA, o qual será calculado automaticamente na emissão do Documento de Arrecadação (Dare).

Luís Fernando disse ainda que por decisão do governador Marcos Rocha, outra medida importante foi adotada para atender aos contribuintes proprietários de veículos com placas vencidas no período de março a julho. Para este grupo de contribuinte o Governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que isenta e dispensa a todos do pagamento de juros e multas por atraso até esta data, e prorroga nos mesmos termos dos demais, até 30 de dezembro, o prazo para pagamento do imposto competente sem acréscimos e juros.

O contribuinte interessado pode ter conhecimento do pleno teor desta lei acessando a página da Sefin no Portal do Governo de Rondônia https://www.sefin.ro.gov.br/onde poderá obter todas as informações e detalhes da Lei Estadual 4856/2020.

Saiba mais:

ATENÇÃO CONTRIBUINTES! REFAZ RO!


Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Edcarlos Carvalho
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Economia

REDUÇÃO: Aneel prevê conta de luz mais barata no Estado de Rondônia

Publicado

em

Por

Senador Marcos Rogério explica que a redução é fruto da MP 998/2020

Quando o assunto é energia, os rondonienses não esperam por boas notícias. Mas dessa vez, os consumidores de Rondônia podem comemorar. É que a previsão da Agência Nacional de Energia Elétrica é de que as contas de luz fiquem no mínimo 2,34% mais baratas no estado.
A Aneel deliberou nesta terça-feira, 15 de setembro, sobre a abertura de Consulta Pública sobre a solicitação de Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) da Energisa Rondônia, uma prerrogativa concedida às concessionárias que foram submetidas ao processo de desestatização.
Contudo, segundo indicou o diretor da Aneel, Efraim Cruz, o reajuste deve ser no sentido de reduzir o valor da tarifa, como reflexo da MP 998/2020 editada pelo governo federal, com sugestões apresentadas pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO). “Apesar da solicitação de Revisão Tarifária Extraordinária feita pela Energisa Rondônia, os efeitos da Medida Provisória irão proporcionar amortecimento dos índices de reajuste a serem percebidos nas contas dos consumidores. Portanto, o impacto será negativo, o que implica em redução de pelo menos 2,34% na energia do estado”, explicou Efraim.
Presidente da Comissão de Infraestrutura do Senado e vice-líder do governo, Marcos Rogério (DEM-RO) apresentou sustentação oral, durante a audiência da Aneel, defendendo a redução na tarifa. “A promessa para correção de muitos dos problemas enfrentados pelos consumidores de Rondônia foi a privatização da Eletrobrás. Os consumidores tinham a expectativa de uma energia mais barata, melhoria do serviços prestados e diminuição de quedas de energia. No entanto, não foi isso que os consumidores receberam. A entrada da Energisa foi marcada por denúncias de irregularidades, aumentos indevidos de contas e reajustes absurdos”, destacou o senador.
Os índices definitivos a serem aplicados para redução da tarifa de energia em Rondônia serão aprovados após a consulta pública realizada pela Aneel sobre a solicitação de Revisão Tarifária Extraordinária da Energisa, que será realizada entre 16 de setembro e 3 de novembro. A consulta terá ainda uma audiência pública virtual prevista para ocorrer no dia 8 de outubro de 2020. “Minha certeza é que com a abertura de um processo de discussão com a sociedade, o único desfecho possível é a redução das contas de energia paga pelos consumidores de Rondônia, qualquer movimento diferente disso será frustrante para os cidadãos de Rondônia”, concluiu.
Vale destacar que grande parte dos dispositivos da Medida Provisória são oriundos do PLS 232/2016, relatado pelo senador Marcos Rogério. Segundo o parlamentar, essa é uma pequena vitória para os consumidores de Rondônia, que vêm sofrendo há tempos com aumentos abusivos e outros tipos de irregularidades cometidos pela Energisa. “Desde que assumi o mandato, venho batalhado para garantir uma energia farta, de qualidade e a um preço justo. E agora em 2020, a partir de todo um trabalho técnico desenvolvido junto ao Governo Federal na elaboração da MP 998 estou convicto de que demos um importante passo nesse sentido”, ressalta o senador rondoniense.
A MP 998 alterou uma série de leis no setor elétrico, entre elas a forma de classificação dos custos da CDE. “Em Rondônia, esses custos deixam de ser considerados pelo critério geoelétrico e passam a ser classificados pelo sistema geográfico. Só isso trará um amortecimento futuro de 7,10% na tarifa de energia do estado e se juntarmos todos os dispositivos elencados na Medida Provisória, estamos falando em redução de cerca de 14,5% ao longo dos próximos 5 anos”, explica o senador Marcos Rogério.
Fonte: Assessoria

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: