Conecte-se conosco

Utilid-Publica

Energisa monta sistema próprio de telecomunicações para melhorar atendimento

Publicado

em

Investimento de R$ 1,5 milhão faz parte da transformação digital da concessionária e conta com 20 antenas distribuídas pelo estado para garantir contato com as equipes

Depois de investir em um Centro de Operações Integrado, capaz de enxergar toda a rede de distribuição de energia no estado e até realizar procedimentos de forma remota, a Energisa entrega agora para a população uma nova ferramenta digital para melhorar o fornecimento de energia em Rondônia.

Com um investimento de cerca de R$ 1,5 milhão, a empresa instalou um sistema de comunicação via rádio, que conta com mais de vinte antenas repetidoras em todo estado. Com isso, consegue melhorar a comunicação com as equipes e agilizar o acionamento imediato para ordens de serviço emergenciais.

“Rondônia é o 13º maior estado do país e nem todas as regiões têm cobertura de telefonia eficiente. Investir nessa rede de telecomunicações é essencial para garantir a qualidade e agilidade de nossos serviços”, afirma o presidente da distribuidora, André Theobald.

Com a nova rede, todos os veículos da empresa estarão conectados com o Centro de Operações por meio de um sistema de comunicação por rádio. As equipes falam e passam detalhes das localidades para os operadores, que também conseguem informar a localização correta de eventuais problemas na rede para os técnicos em campo. Tudo isso reduz o tempo de resposta dos atendimentos aos clientes.

A coordenadora de automação e telecomunicações da empresa, Rosana Pereira, conta que, quando a Energisa assumiu a concessão, o sistema existente era limitado a poucas áreas de cobertura, além de tecnicamente obsoleto. “Mapeamos a necessidade de modernizar o sistema e integrar as equipes. Com isso, o cliente é beneficiado com redução do tempo de atendimento para o despacho de serviços, especialmente, os emergenciais”, destacou.

As vinte antenas repetidoras com sinal digital estão sendo distribuídas entre os municípios de Porto Velho, Cacoal, Ji-Paraná, Pimenta Bueno, Vilhena, Colorado, Santa Luzia, Guajará-Mirim, Cerejeiras, Rolim de Moura, Jaru, Nova Mutum, Itapuã D’Oeste, Alta Floresta, Ariquemes, Monte Negro, Costa Marques, Nova Mamoré, Buritis, Espigão D’Oeste. Como o sinal emitido alcança, em média, 35 Km² por repetidora, ele abrange os municípios do entorno. “Estamos na fase final de implantação das antenas. A maior parte já está em funcionamento”, frisou.

https://www.energisa.com.br/paginas/noticia.aspx?nid=2654

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Utilid-Publica

Dúvidas estão na origem de 25% dos questionamentos na Energisa

Publicado

em

Por

Portal Energisa Juntos esclarece regras e leva informações atualizadas, com transparência, para a população e os 650 mil clientes da empresa em Rondônia

Cerca de 25% das ligações recebidas pela Energisa em seus canais de atendimento são motivadas pela falta de entendimento dos consumidores sobre o funcionamento do mercado de energia elétrica. É que, embora a energia seja um item de primeira necessidade, temas como o cálculo de tarifas, as variações de consumo de acordo com as estações do ano e as regras de corte de energia em caso de inadimplência não são de fácil entendimento. Pensando nisso, além dos canais de atendimento, a Energisa coloca à disposição dos clientes a Ouvidoria e, desde fevereiro, o Energisa Juntos (www.energisajuntos.com.br), seu portal de transparência.   

Na entrevista abaixo, a Ouvidora da concessionária, Millena Capeletti, explica como o relacionamento com os clientes evoluiu nesses 18 meses de operação em Rondônia. Ela lembra que algumas das distribuidoras do Grupo Energisa, como a da Paraíba, estão entre as melhores do país e afirma que essa é a meta da unidade de Rondônia. “Temos compromisso com a inovação e com a qualidade no fornecimento de energia e, com o portal Energisa Juntos inovamos na transparência”, resume a ouvidora.  

Por que a Energisa criou o portal Energisa Juntos?   

Millena Capeletti: O Grupo Energisa preza pela transparência e pelo diálogo franco com os clientes. Em Rondônia, temos mais de 650 mil clientes. Tem os residenciais urbanos e rurais, os 73 mil cadastrados na tarifa social de baixa renda, pequenos comércios e indústrias que funcionam em baixa tensão e médias e grandes empresas, inclusive alguns com autogeração. Cada cliente tem um perfil de consumo, dúvidas e interesses específicos. O Energisa Juntos é mais uma ferramenta para nos aproximar e levar informações relevantes para todos eles.   

E o que o cliente encontra no site Energisa Juntos?  

Millena:  Nele reunimos informações sobre as principais dúvidas dos nossos clientes como o que é cobrado na tarifa de energia, como ter o benefício da tarifa social ou parcelar contas em atraso. Além disso, apresentamos nossas ações sociais, os investimentos que estamos fazendo no estado e, mais recentemente, nossas medidas de combate à pandemia de Covid-19. Tudo numa linguagem simples e com fácil acesso.   

Mas o portal já existe há bastante tempo?   

Millena: Sim. O portal foi lançado em fevereiro e já teve mais de 185 mil acessos, mas ele está sempre sendo atualizado. É importante que a população e até a imprensa se acostumem a buscar as informações que precisam nesse canal.   

A Energisa ainda recebe muitos questionamentos dos clientes?   

Millena: O número de questionamentos em nossos canais diminuiu 65% até junho desse ano. Mas nossos levantamentos indicam que muitos deles poderiam ser evitados se a população tivesse maior clareza sobre as regras do setor. É o caso, por exemplo, das reclamações por corte de energia por falta de pagamento. A resolução 414 da Aneel autoriza o corte a partir de 15 dias após a entrega do reaviso, sendo que este é impresso na própria fatura.

Esse é o principal questionamento, o de corte de energia por inadimplência?  

Millena:  Não. Temos muitas chamadas por falta de falta de energia ou demora no atendimento. Nesses casos, porém, o número é impactado por ligações recorrentes de vizinhos, por exemplo. Além disso, na maior parte das vezes, nossas equipes já estão no local trabalhando. Nossos investimentos em religadores remotos, no novo Centro de Operações, permitem enxergar o problema em tempo real e até resolver de forma remota. O cumprimento do prazo de atendimento previsto na regulação para esses casos está em 95%. Então, em nosso levantamento sobre os temas mais importantes a serem esclarecidos no portal Energisa Juntos, filtramos as reclamações replicadas de clientes vizinhos, por exemplo.   

Então, quando acontece uma falta de energia, o cliente não precisa mais comunicar a distribuidora?   

Millena:  Precisa sim. É importante essa colaboração entre a população e a prestadora de serviço público e não apenas nos casos de falta de energia. Fraudes e furtos na rede, por exemplo, pioram a qualidade da energia de cliente próximos. É importante que sejam denunciadas.   Além do Energisa Juntos, onde os clientes podem entrar em contato com a Energisa?  

Millena:  Para tirar as dúvidas e obter informações sobre investimentos, recomendamos acessar http://www.energisajuntos.com.br/. Mas se o cliente quiser solicitar serviços, ele deve entrar em contato pelo www.energisa.com.br ou pelo call center 0800 647 0120. A Energisa também disponibiliza informações e dicas de economia de energia pelas redes sociais @energia e no seu Youtube. 


Tamiris Barcellos Ribeiro Garcia
Anl Comunicacao I – GER COMUNIC MARKETING UNIDADE

Continue lendo

Geral

Quer saber o que a Energisa esta fazendo para minimizar efeitos da pandemia de Covid-19?

Publicado

em

Por

Continue lendo

Utilid-Publica

100 mil consumidores já negociaram seus débitos com a Energisa

Publicado

em

Por

Negociações são realizadas pelos canais de atendimento do Grupo 

Com o objetivo de ajudar os clientes que sofrem os efeitos econômicos causados pela pandemia a manter a organização financeira, o Grupo Energisa está oferecendo condições especiais de parcelamentos para os consumidores que estão com suas contas atrasadas. Desde o início da pandemia, decretada no fim do mês de março, mais de 100 mil acordos foram realizados.

“Essa oportunidade de negociação é válida para clientes atendidos em baixa tensão, como as residências, pequenos comércios e clientes rurais. Para se ter uma ideia, mais de 30% das negociações e renegociações foram realizadas para consumidores residenciais”, destaca o gerente de Serviços Comerciais da Energisa Rondônia, Fernando Tupan.

Para Sthenio Martins, economista formado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), é um momento importante para colocar tudo na ponta do lápis e aproveitar as condições de negociação que são oferecidas pelas empresas.

“É preciso se organizar e definir as prioridades. Somente dessa forma é possível saber quais os gastos e fontes de receitas, verificar o valor, prazo de pagamento e analisar também possíveis gastos que podem ser eliminados durante a pandemia”, explica.

Martins frisa que a pandemia não isenta o pagamento das contas, então é importante quitar as dívidas para não ficar inadimplente. “Caso não seja possível realizar o pagamento de alguma dívida, é importante tentar renegociar”, completa.

Como negociar?

Os clientes podem parcelar seus débitos com entrada facilitada e opções de parcelamento adequadas para a necessidade de cada cliente. “Temos feito todo o possível para que os clientes mantenham a vida financeira equilibrada e não deixem as contas acumularem. Além de ser uma excelente oportunidade, a negociação exclui o nome do devedor da lista dos órgãos de proteção ao crédito”, enfatiza o gerente da concessionária.

Para negociar os débitos com a Energisa basta entrar em contato com a distribuidora pelo Whatsapp da Gisa ou pelo Call Center. Pelo Whatsapp, é só escrever “Parcelamento” e a negociação será iniciada. 

Canais de atendimento: 

Whatsapp Gisa: (69) 9 9358-9673

Call Center:  0800 647 0120

Bancos conveniados para pagamento: Caixa Econômica, Sicredi, Santander, Banco do Brasil, Bradesco, HSBC, Itaú e Sicoob.


Tamiris Barcellos Ribeiro Garcia

Continue lendo
--Publicidade--
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: