Conecte-se conosco

Utilidades Publica

Caixa inicia neste sábado (27) o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial

Publicado

em

Mais de 40 milhões de pessoas serão beneficiadas e R$ 25,9 bilhões serão injetados na economia

A CAIXA inicia neste sábado (27), o pagamento da terceira parcela do Auxílio Emergencial do Governo Federal para os beneficiários que receberam a primeira parcela até o dia 30 de abril e não fazem parte do calendário do Bolsa Família. Esta terceira etapa será realizada de acordo com calendário publicado nesta quinta-feira (25) pelo Ministério da Cidadania. No total, a CAIXA disponibilizará mais R$ 19,7 bilhões para 31 milhões de pessoas.

No mesmo dia a CAIXA realizará o pagamento de novo lote da segunda parcela do Auxílio Emergencial. São 8,7 milhões de beneficiários, do lote 2 (crédito da parcela 1 realizado entre 16/05 e 29/05), que receberão um montante de R$ 5,5 bilhões em benefícios. Também nesse dia, o banco creditará o quarto lote da parcela 1 do Auxílio Emergencial para 1,1 milhão de beneficiários. No total, a CAIXA disponibilizará, no lote 4, cerca de R$ 700 milhões.

Segundo o presidente Pedro Guimarães, com o anúncio deste novo calendário, 120 milhões de cidadãos serão atendidos pela CAIXA nos próximos meses, se considerarmos, além do Auxílio Emergencial, o Saque Emergencial FGTS e o Benefício Emergencial (BEm). “A CAIXA, agente financeiro do maior programa de pagamentos e inclusão bancária do país, vai atender mais da metade da população, reforçando sua missão social como banco de todos os brasileiros”, explica.

A exemplo do que foi realizado no calendário da segunda parcela do Auxílio Emergencial, os valores de R$ 600 e R$ 1.200 serão creditados na Conta Poupança Social Digital da CAIXA, de maneira escalonada conforme o mês de aniversário do beneficiário.

A CAIXA antecipará o crédito das parcelas para compras com o cartão de débito virtual ou por meio de maquininhas em lojas físicas (QR Code). Também será possível realizar o pagamento de boletos e concessionárias. A prioridade do banco é manter o atendimento digital, de forma a evitar aglomerações de pessoas nos pontos de atendimento, seguindo os protocolos de prevenção do período de pandemia.

Confira a seguir as datas de pagamento, de acordo com o calendário:

Saque em espécie

Os beneficiários que não utilizarem digitalmente os recursos podem optar por realizar o saque em espécie de acordo com o calendário escalonado por mês de aniversário A orientação da CAIXA é para que os recursos do auxílio sejam movimentados pelo CAIXA Tem.

Nas datas indicadas acima, havendo eventual saldo existente, o valor será transferido automaticamente para a conta que o beneficiário indicou, sendo poupança da CAIXA ou conta em outro banco.

A CAIXA realizou parcerias com prefeituras de 1280 cidades para a sinalização e organização das filas para facilitar a triagem fora das agências.

Bolsa Família

Mais de 1,9 milhão de beneficiários que estão no programa Bolsa Família, que tem o Número de Identificação Social (NIS) final 8, recebem o Auxílio Emergencial nesta sexta-feira (25).

O recebimento do Auxílio Emergencial por este público é feito da mesma forma que o benefício regular, utilizando o cartão nos canais de autoatendimento, unidades lotéricas e correspondentes CAIXA aqui; ou por crédito na conta CAIXA Fácil.

Confira o calendário do Bolsa Família:

Sexta-feira (26):

– 1.917.991 pessoas das 1.353.741 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 8

Segunda-feira (29):

– 1.920.953 pessoas das 1.355.831 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 9

Terça-feira (30):

– 1.918.047 pessoas das 1.353.780 de famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último digito do NIS é igual a 0

Cartão de débito virtual CAIXA

O beneficiário não precisa sacar o auxílio para transacionar o dinheiro. O aplicativo CAIXA Tem possibilita que o cidadão faça transferências bancárias e ainda pague contas, como água, luz e telefone. Além disso, o app disponibiliza gratuitamente o cartão de débito virtual CAIXA. Com ele, é possível fazer compras pela internet, aplicativos e sites de qualquer um dos estabelecimentos credenciados. O cartão também é aceito em diversas lojas físicas.

Para gerar o cartão de débito virtual, o primeiro passo é atualizar o CAIXA Tem. Depois, entrar no aplicativo e acessar o ícone Cartão de Débito Virtual. Feito isso, o usuário deverá digitar a senha do CAIXA Tem. Em seguida, aparecerão os seguintes dados: nome do cidadão, número e validade do cartão, além do código de segurança. Ao lado do código, é preciso clicar em “gerar”. Pronto. O cartão está disponível. O código de segurança vale para uma compra ou por alguns minutos. Para realizar uma nova compra é preciso gerar um novo código.

Pagamento nas maquinhas com QR Code

Além da possibilidade de uso do cartão de débito virtual, disponível para compras online, o CAIXA Tem também oferece a opção “pague na maquininha”, forma de pagamento digital que pode ser utilizada nos estabelecimentos físicos habilitados. É uma funcionalidade por leitura de QR Code gerado pelas “maquininhas” dos estabelecimentos e que pode ser facilmente escaneado pela maioria dos telefones celulares equipados com câmera. Quando o cliente seleciona a opção “Pague na maquininha”, no aplicativo, automaticamente a câmera do celular é aberta. O usuário deve então apontar o celular para leitura do QR Code gerado na “maquininha” do estabelecimento.

Balanço

Desde o dia 9 de abril, quando teve início o pagamento do Auxílio Emergencial, 64,1 milhões de pessoas já tiveram o auxílio creditado pela CAIXA, num total de R$ 90,8 bilhões.

O site auxilio.caixa.gov.br recebeu 1,37 bilhão de visitas e a central exclusiva 111 registra mais de 306 milhões de ligações. O aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial conta com 99,4 milhões de downloads e o aplicativo CAIXA Tem, para movimentação da poupança digital, ultrapassa 132 milhões de downloads.

A CAIXA publica as atualizações diárias de números referentes ao pagamento do Auxílio Emergencial no link: https://caixanoticias.caixa.gov.br/noticia/22125/auxilio-emergencial-clique-aqui-para-ver-os-ultimos-numeros-2.

Mais informações:

twitter.com/caixa
facebook.com/caixa
instagram.com/caixa
youtube.com/user/canalcaixa

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Destaques

Missão Calebe, faça doação para ajudar este homem a construir sua casa

Publicado

em

Por

Continue lendo

Utilidades Publica

Luz para Todos chega a quase 1.500 residências no semestre

Publicado

em

Por

Fio: Em todos os municípios, há obras para levar energia para famílias em áreas rurais. Universalização dos serviços no estado está prevista para 2022. 

No primeiro semestre desse ano, quase 1.500 residências das áreas rurais de Rondônia tiveram acesso à energia elétrica através do Programa Luz Para Todos, realizado no estado pela Energisa. As iniciativas acontecem em todos os municípios e estão de acordo com o cronograma definido pelo Comitê Gestor Estadual do programa.  De acordo com o gerente da Energisa Rondônia responsável pela execução do projeto, Alfredo João de Brito, a concessionária investiu no período mais de R$ 19 milhões e conseguiu, inclusive, antecipar algumas entregas.   

“Levar energia para novos clientes envolve colocação de postes, cabos e todos os equipamentos necessários para o fornecimento de uma energia segura e com qualidade para as famílias”, explicou.  Em Rondônia, de acordo com o IBGE, cerca de 25% da população de Rondônia reside na área rural.  

O Luz Para Todos é destinado às famílias que residem em área rural. Ele prioriza aquelas inscritas como de baixa renda no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal ou beneficiárias de programas de Governo que tenham por objeto o desenvolvimento social e econômico. Também são atendidos assentamentos rurais, comunidades indígenas, quilombolas, escolas, postos de saúde e poços de água comunitários.  

Para solicitar a ligação de energia, o proprietário do imóvel, ou representante da comunidade, deve entrar em contato com a Energisa apresentando a documentação necessária e endereços dos interessados. A instalação é gratuita para unidades com carga até 50 kV.  

“Temos equipes trabalhando em todos os municípios e boa parte dos clientes elegíveis já está com o fornecimento regularizado. Porém, há alguns estão pendentes porque o cliente não entregou todos os documentos necessários. Nossas equipes estão disponíveis para prestar esclarecimento”, ressalta Alfredo, frisando que o prazo de universalização do serviço de energia segue plano definido pelo Comitê Gestor Estadual e homologado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para cada município. “Todos os clientes serão ligados até dezembro de 2022”, completa. 


Tamiris Barcellos Ribeiro Garcia
Anl Comunicacao I – GER COMUNIC MARKETING UNIDADE
[email protected]

Continue lendo

Utilidades Publica

Movimento Energia do Bem apoia Casa do Ancião São Vicente de Paula

Publicado

em

Por

A Energisa Rondônia realizou mais uma ação para ajudar no combate à pandemia do Covid-19. Na última terça-feira, através do movimento Energia do Bem, a distribuidora mandou entregar, no estilo “delivery” para respeitar o isolamento restritivo, equipamentos de higiene e limpeza aos idosos da Casa do Ancião São Vicente de Paula, em Porto Velho. Com doação de colaboradores e da empresa, foram comprados álcool em gel, sabonete, desodorante, talco, aparelho de barbear e pulverizador. Todos os produtos foram adquiridos de fornecedores locais, apoiando a economia do estado.

“Estamos vivendo um momento de ressignificação da vida. Nosso comprometimento com o próximo está presente nas ações corporativas e contagia até os colaboradores com as ações” afirma a ouvidora da Energisa, Millena Capeletti Gomes.

A ouvidora explicou que o Grupo Energisa optou por criar um site para arrecadar recursos através de um modelo coletivo. Para cada real que o colaborador doou, a empresa aportou o dobro do valor. Em Rondônia, a Casa do Ancião foi escolhida para receber a ajuda pelos próprios colaboradores foi à Casa do Ancião.

A entidade atende 26 idosos com idade superior a 60 anos. “Os colaboradores conseguiram arrecadar mais de R$ 125 mil. Ao todo foram destinados R$ 250 mil para instituições que atendem idosos em todas as regiões do Brasil”, completa Millena.

Sobre o Movimento Energia do Bem

 O Grupo Energisa criou o Energia do Bem para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela doença. O movimento está presente nos 11 estados em que a empresa atua. Em todos os estados, o investimento do grupo será de cerca de R$ 5 milhões em ações que incluem doação e manutenção de ventiladores pulmonares, obras elétricas em unidades públicas de saúde e captação de recursos para assistência a idosos. Também foi criado o portal Energia do Bem, com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social.

Fonte: Assessoria Tamiris

Continue lendo
--Publicidade--
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--

Tendências

%d blogueiros gostam disto: