conecte-se conosco

Destaques

EUA avisam população para se preparar para o coronavírus

Publicado

em

‘Estamos pedindo para os americanos se prepararem para a expectativa de que pode ser ruim’, disse autoridade do Centro de Controle e Prevenção de Doenças.

Novo coronavírus: Trump pede ao Congresso fundo bilionário contra doença

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos informou nesta terça-feira (25) que os americanos devem se preparar para a chegada do novo coronavírus ao país. “Estamos pedindo para os americanos se prepararem para a expectativa de que pode ser ruim”, disse um oficial do CDC.

“A questão não é se o coronavírus vai chegar aos Estados Unidos, mas quando”, declarou a diretora do Centro Nacional de Imunização e Doenças Respiratórias do CDC, Nancy Messonnier.

Ela disse que as autoridades de saúde pública não têm ideia se a propagação da doença nos Estados Unidos é leve ou grave, mas que os americanos devem estar prontos para uma perturbação significativa em suas vidas diárias.

O secretário de Saúde Alex M. Azar disse ao Senado que “é um desafio mundial à saúde sem precedentes e potencialmente grave”.

Segundo ele, os departamentos de saúde federais e locais precisarão de até 300 milhões de máscaras para profissionais de saúde e ventiladores adicionais para hospitais se prepararem para um grande surto de coronavírus.

“Não podemos hermeticamente isolar os Estados Unidos de um vírus”, disse Azar. “E precisamos ser realistas sobre isso.”

O presidente norte-americano Donald Trump disse nesta terça-feira em entrevista coletiva na Índia que os Estados Unidos são capazes de se proteger contra a propagação do coronavírus. “Acho que toda a situação começará a dar certo”, disse.

Na segunda-feira, o governo Trump solicitou a liberação de US$ 2,5 bilhões ao Congresso para impedir a propagação do vírus – US$ 1,25 bilhão para novos fundos de emergência e desvio de outros US$ 1,25 bilhão de outros programas federais.

Casos nos EUA e no mundo

Os últimos números oficiais mostram que existem 53 casos confirmados de Covid-19 nos EUA, dos quais 36 correspondem a passageiros do cruzeiro Diamond Princess, que foi ancorado no Japão e repatriado na semana passada.

Enquanto isso, a China, o epicentro da doença, tem agora mais de 77 mil casos e mais de 2,6 mil mortes, enquanto o número de infecções e mortes continua subindo em outros países, com destaque para as situações de Coreia do Sul, Irã e Itália.

O Brasil ainda não teve casos confirmados. Até a última atualização do Ministério da Saúde, na segunda-feira (24), quatro casos estavam sendo monitorados como suspeitos para o novo coronavírus: três em São Paulo e um no Rio de Janeiro

OMC descarta pandemia

Os mais de 80 mil casos a nível mundial levaram a Organização Mundial de Saúde (OMS) a classificar o surto de Covid-19 como “emergência internacional”, descartando pandemia. O CDC diz que a doença está se espalhando e evoluindo rapidamente, tornando inevitável que ela se espalhe pelo território americano.

Além disso, o centro recomendou que seja feito um planejamento porque a esperada propagação por todo o país culminará com perturbações significativas na vida cotidiana devido, por exemplo, ao fechamento de escolas e creches.

Nancy Messonnier afirmou aos repórteres que ela própria se sentou com a sua família hoje cedo para discutir medidas de prevenção e como estar preparada caso as escolas não funcionem.

Em uma tentativa de aliviar a situação, o Centro Médico da Universidade de Nebraska (UNMC) iniciou testes clínicos para avaliar a segurança e eficácia de um antiviral em adultos hospitalizados após terem sido diagnosticado com Covid-19, informou terça-feira o Instituto Nacional de Saúde.

O primeiro paciente neste primeiro teste é um homem que foi repatriado após ser colocado em quarentena no Diamond Princess e se voluntariou para participar do estudo.

Do número total de casos de coronavírus nos EUA, além dos 36 que estavam a bordo do cruzeiro, outros três também foram repatriados, mas neste caso da província chinesa de Wuhan, o epicentro da epidemia.

Os 14 casos restantes correspondem a pessoas diagnosticadas em solo americano, oito dos quais foram identificados na Califórnia e duas em Illinois. Massachusetts, Arizona, Wisconsin e Washington State têm, cada um, um caso.

Entre todos esses relatos houve dois casos de infecção local, um na Califórnia e outro em Illinois.

Fonte: G1

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Destaques

URGENTE: CNM e entidades municipalistas vão se reunir com Paulo Guedes neste domingo

Publicado

em

Por

Neste domingo, 29 de março, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, e os presidentes das entidades estaduais de Municípios vão se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, virtualmente, para debater ações que podem minimizar os efeitos do novo coronavírus (Covid-19) aos cofres municipais. A reunião terá início às 12h30 e será transmitida, ao vivo, pelas redes sociais da CNM, pelo FacebooYoutube.

Após a reunião, prevista para acabar às 14h, o presidente da CNM, estará disponível, para atender os jornalistas em uma coletiva de imprensa. Glademir Aroldi falará das pautas que a entidade espera que o governo atenda para viabilizar a gestão por parte dos prefeitos em todo Brasil.

Para participar, os jornalistas podem enviar perguntas pelas redes sociais e elas serão respondidas pelo líder do movimento municipalista, em seguida.

Mais informações em [email protected]

Continue lendo

Acidentes

Carreta tombou na BR-010 na curva da linda 40 em Nova Brasilândia

Publicado

em

Por

Em Nova Brasilândia (RO), na manhã de sábado (28), uma carreta tombou na curva da linha 40, após o motorista perder o controle da direção.

Segundo informações da Polícia Militar , a carreta estava carregada de carne bovina e seguia sentido a cidade de Migrantenópolis, na curva da linha  40, perdeu o controle da direção e bateu no guard-rail e acabou tombando próximo ao um Rio no meio da vegetação.

Na cabine da carreta estava junto com o motorista,  esposa e filha e por sorte ninguém ficou ferido, apenas escoriações pelo corpo.

A Polícia Militar esteve no local para os trabalhos de praxe. O Corpo de Bombeiros também esteve no local para prestar os primeiros atendimentos de primeiros socorros as vítimas.

Foto: PM de Nova Brasilândia
Foto: PM de Nova Brasilândia

 Fonte: Brasilândia Notícias

Continue lendo

Destaques

Brasil tem 111 óbitos e 3.904 casos confirmados de coronavírus

Publicado

em

Por

Luiz Henrique Mandetta é Ministro da Saúde
WAGNER PIRES/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O Ministério da Saúde informou neste sábado (28) que o Brasil registrou até o momento 111 óbitos e 3.904 casos confirmados de coronavírus.

Mais cedo, o Ministério da Saúde distribuiu documento de recomendações para os gestores do SUS de todo o país, que planeja, a partir de 6 de abril, o fechamento de escolas e universidades, distanciamento social no ambiente de trabalho e proibição de eventos com aglomeração, como jogos de futebol.

Medidas mais restritivas seriam adotadas em abril, maio e junho para o combate do coronavírus no país.

Veja o número de casos e óbitos por estado:

São Paulo: 1.406 (84 mortes)
Rio de Janeiro: 558 (13 mortes)
Ceará:  282 (3 mortes)
Distrito Federal: 260
Rio Grande do Sul: 197 (2 mortes)
Minas Gerais: 205
Santa Catarina: 184 (1 morte)
Paraná: 133 (2 mortes)
Bahia: 115
Amazonas: 81 (1 morte)
Pernambuco: 56 (4 mortes)
Goiás: 56 (1 morte)
Espírito Santo: 53
Mato Grosso do Sul: 31
Rio Grande do Norte: 28
Acre: 25
Sergipe: 16
Maranhão: 13
Pará: 13
Alagoas: 11
Mato Grosso: 13
Roraima: 10
Paraíba: 9
Piauí: 9
Tocantins: 8
Rondônia: 6
Amapá: 2

Fonte: R7.com

Confira ao vivo

Continue lendo

Publicidades

Tendências

%d blogueiros gostam disto: