conecte-se conosco

Utilidades Publica

OPORTUNIDADE DE EMPREGO: Energisa Ro abre processo seletivo para preenchimento de 150 vagas

Publicado

em

”

Além de garantir energia de qualidade em todo o estado, a empresa já gerou mais de 350 novos postos de trabalho em apenas três meses.

A Energisa Rondônia está com processo seletivo para o preenchimento de 150 vagas, para eletricistas e técnicos em eletrotécnica. Os profissionais interessados podem cadastrar currículo através do endereço eletrônico: <https://jobs.kenoby.com/grupoenergisa>. A seleção de currículos seguirá até o dia 15 de março. Além de formação na área elétrica, o candidato deverá ser habilitado.
Ao anexar o currículo na plataforma digital jobs.kenoby, o candidato deverá indicar a cidade de interesse para candidatura.

“Depois da seleção, os inscritos selecionados para as vagas passarão para as etapas presenciais, que consiste nos testes psicológicos e de direção, os quais serão realizados nas cidades polos mais próximas da área de inscrição de cada candidato”, destacou a analista de RH Sabrina Amorim.
“Além dessas novas 150 vagas, neste mês já efetivamos 280 profissionais que se candidataram no processo seletivo que teve início em setembro do ano passado. Essas contratações fazem parte do processo de internalização da Energisa, que passa a contar com pessoal próprio para garantir um serviço de excelência à comunidade”, salientou.
O trabalho de internalização, com os colaboradores indo a campo, teve início nesta última quarta-feira (7/02) com 207 profissionais em operação.

“Eles estão distribuídos por todo o estado de Rondônia, atuando para que a Energisa cumpra um de seus principais valores, que é simplificar a vida dos nossos clientes, oferecendo soluções ágeis e definitivas, a fim de gerar valor para quem utiliza os serviços da empresa”, acentuou Thiago Nascimento, coordenador do departamento de leitura da Energisa. Há vagas disponíveis também para analista de ouvidoria, assistente administrativo e analista comercial.

Esperança

O número de desempregados em Rondônia é cada vez menor. Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado teve a segunda menor taxa de desemprego entre as 27 unidades da federação no segundo trimestre de 2019.
No ranking do IBGE, Rondônia fechou o 2° trimestre com 6,7% de desempregados, ficando atrás apenas de Santa Catarina, que tem taxa de 6%. Essa é uma boa notícia para a Energisa, uma vez que a concessionária tem grande participação na oferta de novos postos de trabalho, com quase 300 contratações em apenas cinco meses.

Só quem esteve desempregado por anos sabe a alegria que é receber uma ligação com proposta de trabalho. Foi o que o jovem Bruno da Silva Chaves sentiu ao ser selecionado pela Energisa para a função de leiturista. Desde 2017, ele procurava uma recolocação no mercado de trabalho. “Durante esse tempo eu fazia bicos do que aparecesse, como garçom, por exemplo”, disse. Bruno faz parte dos mais de 200 novos profissionais contratados para atuar na área de leitura da empresa no início desse ano.

Casado e morando de aluguel, o novo emprego representa mais que um salário na conta, dá a oportunidade de ascensão profissional por meio de programas de incentivo à qualificação e meritocracia. “Na próxima semana, vou começar o curso tecnólogo de Análise de Sistemas, porque vi que aqui tem vários setores onde dá pra eu crescer”, disse Bruno.
Alegria semelhante viveu José Antônio que deixou o antigo emprego, assistente administrativo em uma distribuidora de refrigerantes, para trabalhar na Energisa. “Fui atraído pelas oportunidades que há dentro do grupo.

Gosto de trabalhar com elétrica e almejo, um dia, ingressar em uma outra função voltada a eletricidade”, comenta. “Já tenho o curso de eletricista de baixa e alta tensão, agora vou começar a fazer eletrotécnico, depois que finalizar a faculdade de administração, na qual estou no 5o período”, completou.

Outro profissional que trocou o antigo emprego para ingressar nos quadros da Energisa foi o eletricista Maurílio Santos. “Trabalhei por 11 anos em uma das terceirizadas da Energisa, na função de eletricista, mas, assim que fiquei sabendo da oportunidade na concessionária, pedi demissão do emprego e me candidatei a uma das vagas”, explicou. “Depois de passar por um longo processo seletivo, finalmente fui chamado para trabalhar”, comemorou, acrescentando que a expectativa é crescer na empresa. “Já estou fazendo curso de eletrotécnica”, finalizou.

Fonte: Energisa

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Destaques

Energisa facilita o pagamento de contas atrasadas

Publicado

em

Por

”

Clientes poderão utilizar canais de atendimento (WhatsApp e 0800) para fazer negociação

Confira os canais de pagamento abertos nesse período

A Energisa Rondônia preparou um conjunto de medidas que facilitam o pagamento de contas atrasadas para os clientes. Os consumidores atendidos em baixa tensão, como as residências e pequenos comércios, poderão dividir novamente seus débitos já negociados com entradas facilitadas e mais opções de parcelamento. “Estamos sensíveis a este momento difícil e queremos ajudar os nossos clientes a manter o equilíbrio financeiro, evitando atrasos e acúmulo de contas a pagar. As medidas serão customizadas de acordo com o perfil de dívida de cada cliente”, afirma Fernando Tupan, gerente de serviços comerciais.

Os clientes podem solicitar a negociação sem sair de casa, por tempo indeterminado, utilizando os canais digitais de atendimento: WhatsApp da Gisa (69) 9-9358-9673, site energisa.com.br e call center (0800 647 0120). As agências de atendimento estão temporariamente fechadas, seguindo a determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para evitar a propagação do novo coronavírus.

Os clientes podem quitar suas contas nos canais tradicionais, como aplicativo do banco, agências bancárias, banco 24h e os outros agentes arrecadadores, como mercados, farmácias e lotéricas, que seguem abertos.


Tamiris Barcellos Ribeiro Garcia
Anl Comunicacao I – GER COMUNIC MARKETING UNIDADE
Continue lendo

Geral

Prazo de entrega do Imposto de Renda é adiado para 30 de junho

Publicado

em

Por

”

Motivo do adiamento é a crise provocada pela pandemia do coronavírus. Até a última segunda, tinham sido entregues 8 milhões dos 32 milhões de declarações esperadas.

O secretário da Receita Federal, José Tostes Neto, anunciou nesta quarta-feira (1º) a prorrogação do prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) por 60 dias.

Com isso, o prazo para a entrega da declaração de 2020 passa de 30 de abril para 30 de junho.

“Esse prazo venceria no próximo dia 30 de abril e está sendo prorrogado para entrega no dia 30 de junho. Portanto prorrogação por dois meses do prazo de entrega das pessoas físicas”, afirmou o secretário.

A Receita ainda avalia se será mantido o prazo do primeiro lote da restituição, previsto para 30 de maio. Tostes Neto deu as informações em uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto ao lado de outros integrantes da equipe econômica do governo.

De acordo com o último balanço divulgado pela Receita, em 30 de março, foram recebidas pelo órgão 8,1 milhões de declarações – cerca de 25% do total. A expectativa, segundo o governo federal, é que 32 milhões de contribuintes façam a declaração em 2020.

Fonte: G1

Continue lendo

Destaques

Recolhimento do FGTS de domésticos pode ser suspenso por 3 meses

Publicado

em

Por

”

Adiamento do recolhimento faz parte do enfrentamento do coronavírus

Foto: © Marcelo Camargo/Agência Brasil

O empregador doméstico também poderá deixar de recolher o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) com vencimento em abril, maio e junho. O adiamento do recolhimento é uma das medidas anunciadas pelo governo para o enfrentamento do novo coronavírus ( covid-19).

Para ter a suspensão da exigibilidade do recolhimento do FGTS, os empregadores permanecem obrigados a declarar as informações, até o dia 7 de cada mês, por meio do Conectividade Social ou eSocial.

O empregador que não prestar a declaração da informação ao FGTS até o dia 7 de cada mês deve realizá-la impreterivelmente até a data limite de 20 de junho de 2020 para que não haja incidência de multa e encargos.

“As informações prestadas constituem declaração e reconhecimento dos créditos delas decorrentes, caracterizam confissão de débito e constituem instrumento hábil e suficiente para a cobrança do crédito de FGTS”, diz circular da Caixa Econômica, gestora do FGTS.

Rescisão do contrato de trabalho

Se houver rescisão do contrato de trabalho, o empregador passa a ser obrigado a recolher as parcelas do FGTS suspensas, bem como os demais valores devidos ao recolhimento rescisório, sem incidência da multa e encargos devidos.

O pagamento referente à suspensão será feito em seis parcelas fixas com vencimento no dia 7 de cada mês, com início em julho de 2020 e fim em dezembro de 2020. Se houver inadimplência, haverá cobrança de multa e bloqueio do Certificado de Regularidade do FGTS.

Os certificados vigentes no dia 22 de março deste ano tiveram o prazo de validade prorrogado por 90 dias, a partir da data do vencimento.

Fonte: Agência Brasil

Continue lendo

Publicidades

Tendências

%d blogueiros gostam disto: