conecte-se conosco

Politica

Jean Oliveira parabeniza Candeias do Jamari pelo seu aniversário

Publicado

em

O deputado Jean Oliveira (MDB), parabenizou o município de Candeias do Jamari, neste 13 de fevereiro, data em que se comemora 28 anos de sua emancipação política e administrativa.

Candeias do Jamari é um município que fica localizado a 20 km da capital, Porto Velho.  Foi criado com o nome de Candeias do Jamari pela Lei nº 363, de 13 fevereiro de 1992, com área desmembrada do município de Porto Velho.

Surgiu como povoação no cruzamento da BR-29 (hoje BR-364) com o Rio Candeias, afluente do Rio Jamari, e ficou conhecida como Vila Candeias em homenagem ao rio que banha a cidade.

Jean Oliveira lembrou que desde seu primeiro mandato mantém firme parceria com Candeias do Jamari e em nome do Gringo da Emater, liderança que se destaca pela sua atuação em prol da melhoria daquele município, parabenizou toda população e todas as lideranças comunitárias que trabalham pelo desenvolvimento de Candeias do Jamari.

Assessoria de Comunicação – Dep. Jean Oliveira

Porto Velho, 13 de fevereiro de 2020 

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Legislativo

Jean Oliveira quer Coordenadorias Regionais de Educação I e II isonômicas

Publicado

em

Por

O deputado Jean Oliveira solicitou ao secretário de Estado da Educação, Suamy Vivecananda, isonomia entre as Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) I e II.  O parlamentar explica que a CRE II que às vezes tem, sob gerência, menor quantidade de escolas, tem um grau e uma complexidade de ensino e de gestão muito maior que uma CRE I, isso devido, distâncias, educação indígena, falta de mediação tecnológica, etc.

Acontece que existe uma disparidade de remuneração entre os profissionais gestores das Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) I e II.  Os profissionais da CRE II recebe muito menos, prestando um serviço igual ou até mais sacrificado às vezes. Isso devido o que estabelece a lei que dispõe sobre as Coordenadorias Regionais de Educação I e II – CRE, que determinou dois tipos de coordenadorias com remunerações diferentes para os gestores.

A proposta que o deputado Jean Oliveira levou ao secretário de Estado da Educação, e que foi acatada, é que a lei que dispõe sobre as Coordenadorias Regionais de Educação I e II – CRE seja revista, ou seja, modificada, deixando as duas coordenadorias isonômicas, ou seja, os técnicos e professores, que realizam esse trabalho estratégicos, tanto na I como na II, tenham remunerações iguais.

“Nossa solicitação teve sinal verde do secretário Suamy Vivecananda e estamos esperando na Assembleia, pela Seduc, a chegada da proposta da mudança da lei, para que o Legislativo vote de forma positiva, essa proposta que acredito ser devidamente justa com esses profissionais da educação”, disse o deputado.

Assessoria de Comunicação – Dep. Jean Oliveira

Porto Velho, 20 de fevereiro de 2020

Continue lendo

Politica

Dep estaduais diminuem cargos comissionados de 656 para 345, teve salário que o corte foi de 50%

Publicado

em

Por

Foto: Assessoria

A Assembleia Legislativa de Rondônia decidiu reduzir o número de comissionados, de 656 para 345. Além disso, 90% dos que ficarem ganharão menos. Essas mudanças constam na reforma administrativa aprovada por 23 votos a zero na sessão da última terça-feira (18). A economia será de R$ 8 milhões por ano, conforme cálculo da Superintendência de Recursos Humanos (SRH) da Casa.

De acordo com a reforma administrativa, o menor vencimento de servidores comissionados, de R$ 1.012,00, foi mantido. O maior, de R$ 7.040,00, foi reduzido para R$ 3.520,00.

A economia na Assembleia Legislativa só não será maior porque o servidor efetivo ganha o dobro do vencimento de um comissionado. O presidente do Poder Legislativo, Laerte Gomes (PSDB), explicou que haverá a paridade de 50% de servidores efetivos e 50% de comissionados em todas as áreas administrativas da Assembleia.

De acordo com o deputado Laerte, isso vai assegurar que sejam chamados de imediato mais 40 aprovados no concurso público. “E depois vamos chamar os 38 restantes”, afirmou.

Trata-se do primeiro concurso público realizado na história da Assembleia Legislativa. Os servidores efetivos que já estavam na Casa tinham sido empossados por força de lei. Agora, foram 110 aprovados, e de acordo com o que foi informado, todos serão chamados.

Laerte Gomes explicou que os deputados estaduais decidiram que deveriam cortar na própria carne, porque é preciso reduzir as despesas. Somente no Gabinete da Presidência foram extintos 25 cargos e os salários também ficaram menor.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Continue lendo

Policial

Senador Cid Gomes tenta entrar em batalhão da polícia com retroescavadeira e é baleado

Publicado

em

Por

Cid Gomes é baleado com tiro de bala de borracha em Sobral — Foto: Reprodução

O senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado com um tiro de bala de borracha na tarde desta quarta-feira (19) em meio a um protesto de policiais que reivindicam aumento salarial. O senador pilotava uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feitos por policiais militares no Centro de Sobral.

Durante a confusão, tiros foram disparados na direção de Cid Gomes, que quebram os vidros do veículo utilizado pelo senador. Conforme a assessora do político, ele foi baleado no peito e foi encaminhado ao Hospital do Coração de Sobral.

Cid Gomes, que está licenciado, organizava um protesto contra um grupo de policiais que tenta impedir o trabalho da Polícia Militar. Nesta quarta-feira, policiais secaram pneus de carros da polícia para impedir que os agentes de segurança atuem na ruas.

Ainda na tarde desta quarta-feira, policiais de Sobral ordenaram que comerciantes fechassem as portas do Centro da cidade.

Resumo:

  • Em 5 de dezembro, policiais e bombeiros militares organizaram um ato reivindicando melhoria salarial. Por lei, policiais militares são proibidos de fazer greve.
  • Em 31 de janeiro, o governo anunciou um pacote de reajuste para soldados.
  • Em 6 de fevereiro, data em que a proposta seria levada à Assembleia Legislativa do estado, policiais e bombeiros promoveram uma manifestação pedindo aumento superior ao sugerido.
  • Em 13 de fevereiro, o governo elevou a proposta de reajuste e anunciou acordo com os agentes de segurança. Um grupo dissidente, no entanto, ficou insatisfeito com o pacote oferecido.
  • Em 14 de fevereiro, o Ministério Público do Ceará (MPCE) recomendou ao comando da Polícia Militar do Ceará que impedisse agentes de promover manifestações.
  • Em 17 de fevereiro, a Justiça manteve a decisão sobre possibilidade de prisão de policiais em caso de manifestações.
  • Em 18 de fevereiro, três policiais foram presos em Fortaleza por cercar um veículo da PM e esvaziar os pneus. À noite, homens murcharam pneus de veículos de um batalhão na Região Metropolitana.
  • Em 19 de fevereiro, batalhões da Polícia Militar do Ceará foram atacados por grupos de pessoas encapuzadas e mascaradas. Em Sobral, homens encapuzados em carro da PM ordenaram que comerciantes fechassem as portas.

Invasão de batalhões policiais

Um grupo de policiais que reivindica aumento salarial e é contrário à proposta do governo de reestruturação da carreira da categoria realiza desde terça-feira (19) atos que a Secretaria da Segurança considera “vandalismo” e “motim”.

Fonte: G1

Continue lendo

Publicidades

Tendências

%d blogueiros gostam disto: