Conecte-se conosco

Geral

Grupo Energisa convoca empreendedores de inovação para o Energy Future

Publicado

em

§  Chamada de projetos de P&D está aberta até 28 de fevereiro

§  Eventos de apresentação do hub de inovação ocorrerão em MS, PB e RO

Empreendedores têm até o dia 28 de fevereiro para inscreverem projetos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e de startups na maior chamada de inovação do setor elétrico brasileiro. As ideias finalistas serão apresentadas, em evento, a seis grandes concessionárias, incluindo o Grupo Energisa, que fazem parte da chamada do Energy Future, hub virtual de inovação do setor de energia elétrica.

Ao longo de fevereiro, a Energisa com o Energy Future promoverá roadshow por três estados, de regiões diferentes, atendidos por suas distribuidoras. Em Mato Grosso do Sul, o evento será em Campo Grande, na Faculdade SENAI, no dia 13. Já na Paraíba, o encontro ocorrerá no Instituto de Tecnologia Têxtil e Confecções, em João Pessoa, no dia 18. Em Rondônia, por sua vez, o road show será no salão de convenções da FIERO, na Casa da Indústria, no dia 20 de fevereiro.

Os projetos devem se enquadrar em seis categorias: Renováveis e Storage (soluções de geração, conversão, armazenamento de energia e gestão de tecnologias, por exemplo); Smart Grid e Meter (redes e medição inteligentes); Gestão Energética (aperfeiçoamento das fontes, monitoramento do uso de recursos, etc.); Novos Negócios em Geração e Transmissão; Serviços ao Cliente de Distribuição (hardware, software, mobilidade elétrica, arrecadação, serviços financeiros); Performance e Digitalização (soluções de conectividade e para a troca e envio de dados).

O gerente de inovação da Energisa, Alexandre de Castro, resume a estratégia da empresa em tempos de intensa evolução tecnológica. “A inovação faz parte dos nossos valores essenciais e, nesse sentido, está em curso um programa de transformação digital consistente, baseado em três pilares: a jornada do cliente, a eficiência operacional e a eficiência administrativa. Com ele, queremos nos posicionar na liderança desse novo momento para o setor”, diz.

“O Energy Future é um marco. É a representação da capacidade do setor elétrico para investimento em inovação e da tendência das concessionárias em juntar forças e se aproximar do universo empreendedor”, afirma Apolo Lira, Business Development do Energy Future.

Serviço

13º Roadshow – Energy Future

Dia 20/02

Das 10h às 12h

Local: Casa da Indústria – Salão de convenções da FIERO

Inscrições: https://www.sympla.com.br/13–roadshow-energy-future—fiero—ro__780737

--Publicidade--
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Geral

ACIAF cobra a recuperação da RO 383 Alta Floresta D´oeste Ro

Publicado

em

Por

Na manhã desta quinta feira dia 17 de setembro de 2020 a ACIAF enviou ofício ao Departamento de Estradas de Rodagem (DER) solicitando a manutenção da RO-383, no trecho entre Alta Floresta e Santa Luzia do Oeste em especial os primeiros 12 km a contar da cidade de Alta Floresta.

Fonte: Assessoria Aciaf

Continue lendo

Coronavirus

Nenhum município fica na fase mais restritiva do Governo no combate ao Coronavírus

Publicado

em

Por

A Portaria Conjunta nº 21, publicada na noite de terça-feira (16), traz a nova classificação dos municípios de Rondônia no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Diferente das anteriores, atualmente, nenhum município está na fase mais restritiva do distanciamento social controlado. No total, dos 52, 49 estão na fase 3 e apenas Cacoal, Colorado do Oeste e Vilhena na fase II. Para a Associação Rondoniense de Municípios (AROM), a conquista é vitória do Municipalismo e da população que está mantendo as medidas sanitárias necessárias.

A reclassificação dos municípios é divulgada a cada 14 dias, levando em consideração o período anterior de aumento ou redução de casos da covid-1, tendo como base a matriz de risco consolidada pelo Decreto 25.220, que definiu os critérios de enquadramento dos municípios nas fases de isolamento social controlado.

Confira a nova classificação:

Fase II

Cacoal
Colorado do Oeste
Vilhena

Fase III

Alta Floresta d’Oeste
Alto Alegre do Parecis
Alto Paraíso
Alvorada d’Oeste
Ariquemes
Buritis
Cabixi
Cacaulândia
Campo Novo de Rondônia
Candeias do Jamari
Castanheiras
Cerejeiras
Chupinguaia
Corumbiara
Costa Marques
Cujubim
Espigão d’Oeste
Governador Jorge Teixeira
Guajará-Mirim
Itapuã do Oeste
Jaru
Ji-Paraná
Machadinho d’Oeste
Ministro Andreazza
Mirante da Serra
Monte Negro
Nova Brasilândia d’Oeste
Nova Mamoré
Nova União
Novo Horizonte do Oeste
Ouro Preto do Oeste
Parecis
Pimenta Bueno
Pimenteiras do Oeste
Porto Velho
Presidente Médici
Primavera de Rondônia
Rio Crespo
Rolim de Moura

Santa Luzia d’Oeste

São Felipe d’Oeste

São Francisco do Guaporé

São Miguel do Guaporé

Seringueiras

Teixeirópolis

Theobroma

Urupá

Vale do Anari

Vale do Paraíso

Fonte: Rondoniagora

Continue lendo

Destaques

Decreto estadual prevê dispensa de pagamento antecipado do ICMS por empresas habilitadas em Ro

Publicado

em

Por

Em cumprimento às disposições do Decreto Estadual 25.369/2020, o contribuinte do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de Rondônia vai deixar de pagar antecipadamente o imposto de suas mercadorias neste momento de crise econômica, para ter capacidade de formar capital de giro e fazer o recolhimento após a comercialização de seus produtos.

A edição do decreto, segundo o secretário estadual de Finanças (Sefin), Luís Fernando Pereira da Silva, é mais uma medida baixada pelo Governo de Rondônia para incentivar o setor produtivo e as empresas de Rondônia – muitas em dificuldades – nesta jornada para retomada das atividades, incentivando e abrindo oportunidade para o recomeço, possibilitando o recolhimento do imposto de suas mercadorias após a comercialização, com equilíbrio e segurança para todos.

Ele explicou que a decisão em defesa das empresas rondonienses tem a orientação do governador Marcos Rocha, que tem buscado todos os meios para a retomada gradativa e segura das atividades produtivas do Estado, preservando os empregos e as empresa estabelecidas. Ressalte-se que antecipação de ICMS acontece em algumas operações interestaduais, quando o Estado destinatário precisa recolher o imposto ao dar entrada da mercadoria, como uma forma de complementar a alíquota interna. A decisão do Governo de Rondônia visa liberar as empresas de fazer o recolhimento nesses termos. “Naturalmente que, para fazer jus ao benefício, a empresa deve estar em situação regular (quite) com a Receita Estadual”, disse.

REQUISITOS PARA A DISPENSA

Luis Fernando fez ver que a dispensa legal do pagamento antecipado não se aplica indistintamente a qualquer empresa, e que, conforme o §5º do art. 2º do decreto, a dispensa prevista aplica-se ao contribuinte que atenda, entre outras, as seguintes condições: “I – esteja regularmente inscrito no CAD/ICMS-RO e em atividade há mais de 1 (um) ano; II – não apresente pendência de atendimento de notificação do Fisconforme; e III – não possua débito tributário vencido e não pago administrado pela CRE, inclusive dos sócios e suas participações em quaisquer empresas”.

Da mesma forma, as empresas candidatas ao benefício do não pagamento antecipado do ICMS, devem atender ainda, conforme o mesmo texto legal, que não possuam pendências na entrega de EFD ICMS/IPI; que os valores de entrada e saída dos últimos 12 (doze) meses superem o valor do capital social integralizado; que não apresente Valor Adicionado Fiscal – VAF negativo, nos termos do art. 8º do Decreto nº 11.908 de 12 de dezembro de 2005; que esteja com a vistoria do estabelecimento a que se destina a dispensa, devidamente registrada no Sitafe por AFTE, nos termos do art. 139 do Regulamento; e, por fim, que a razão entre o índice de tributação das saídas e o índice de tributação das entradas, dos últimos 12 (doze) meses, seja maior ou igual a 0,9 (nove décimos).

O titular da Sefin disse que não há dificuldade para as empresas interessadas e aptas ao benefício da dispensa do pagamento antecipado do ICMS, devendo apenas dirigir-se formalmente à unidade de atendimento da região em que atua, com requerimento dirigido ao delegado Regional da Receita Estadual local, juntando documentos e informações solicitadas.

O pleno teor do Decreto Estadual 25369/2020 pode ser acessado no Portal do Governo de Rondônia – http://www.rondonia.ro.gov.br/publicacao/decreto-n-25-369-de-1-de-setembro-de-2020-aprova-o-regulamento-do-imposto-sobre-operacoes-relativas-a-circulacao-de-mercadorias/ -, onde os interessados podem obter todas as informações e detalhes dos procedimentos para a dispensa do pagamento antecipado do ICMS.

Saiba Mais:

ATENÇÃO CONTRIBUINTES! REFAZ RO!


Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Frank Néry
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: