fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Grupo Energisa convoca empreendedores de inovação para o Energy Future

Publicado

em

§  Chamada de projetos de P&D está aberta até 28 de fevereiro

§  Eventos de apresentação do hub de inovação ocorrerão em MS, PB e RO

Empreendedores têm até o dia 28 de fevereiro para inscreverem projetos de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) e de startups na maior chamada de inovação do setor elétrico brasileiro. As ideias finalistas serão apresentadas, em evento, a seis grandes concessionárias, incluindo o Grupo Energisa, que fazem parte da chamada do Energy Future, hub virtual de inovação do setor de energia elétrica.

Ao longo de fevereiro, a Energisa com o Energy Future promoverá roadshow por três estados, de regiões diferentes, atendidos por suas distribuidoras. Em Mato Grosso do Sul, o evento será em Campo Grande, na Faculdade SENAI, no dia 13. Já na Paraíba, o encontro ocorrerá no Instituto de Tecnologia Têxtil e Confecções, em João Pessoa, no dia 18. Em Rondônia, por sua vez, o road show será no salão de convenções da FIERO, na Casa da Indústria, no dia 20 de fevereiro.

Os projetos devem se enquadrar em seis categorias: Renováveis e Storage (soluções de geração, conversão, armazenamento de energia e gestão de tecnologias, por exemplo); Smart Grid e Meter (redes e medição inteligentes); Gestão Energética (aperfeiçoamento das fontes, monitoramento do uso de recursos, etc.); Novos Negócios em Geração e Transmissão; Serviços ao Cliente de Distribuição (hardware, software, mobilidade elétrica, arrecadação, serviços financeiros); Performance e Digitalização (soluções de conectividade e para a troca e envio de dados).

O gerente de inovação da Energisa, Alexandre de Castro, resume a estratégia da empresa em tempos de intensa evolução tecnológica. “A inovação faz parte dos nossos valores essenciais e, nesse sentido, está em curso um programa de transformação digital consistente, baseado em três pilares: a jornada do cliente, a eficiência operacional e a eficiência administrativa. Com ele, queremos nos posicionar na liderança desse novo momento para o setor”, diz.

“O Energy Future é um marco. É a representação da capacidade do setor elétrico para investimento em inovação e da tendência das concessionárias em juntar forças e se aproximar do universo empreendedor”, afirma Apolo Lira, Business Development do Energy Future.

Serviço

13º Roadshow – Energy Future

Dia 20/02

Das 10h às 12h

Local: Casa da Indústria – Salão de convenções da FIERO

Inscrições: https://www.sympla.com.br/13–roadshow-energy-future—fiero—ro__780737

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Geral

Três ferramentas fundamentais para o serviço de tradução médica

Publicado

em

Os serviços de tradução médica são cada vez mais necessários atualmente, e com o avanço das tecnologias e das buscas por pesquisas clínicas é fundamental que cada vez mais os pesquisadores, as empresas do ramo da medicina, até mesmo governos, necessitem de profissionais qualificados para realizar a tradução de documentos da área médica. 

Algumas empresas disponíveis no mercado como a Protranslate fornecem serviços de tradução médica especializada utilizando recursos profissionais de tradução e tradutores especializados com o objetivo de agilizar e otimizar as traduções, preservando a fidelidade ao documento original. Ou seja, a sua tradução manterá todas as informações importantes, termos técnicos, nomenclaturas e dados informados no documento na língua original.

É fundamental que tradutores profissionais sejam solicitados para estes serviços pois esta categoria de documentos exige uma proficiência em tradução necessária para evitar erros de interpretação que podem gerar problemas graves em recomendações e instruções direcionadas à saúde das pessoas.

Aqui veremos algumas ferramentas fundamentais para você ter em mente quando buscar serviços de tradução médica.

1 – Tradutores especializados: O campo médico é muito amplo, com diversas especialidades (ortopedia, neurologia, etc), e cada uma dessas áreas, embora tratem de contextos correlatos, possuem especificidades únicas. Portanto, além de buscar um tradutor profissional, com especialidade nos idiomas trabalhados, é crucial que se busque por profissionais que tenham conhecimentos médicos, sejam eles adquiridos através de cursos de especialização ou mesmo uma graduação na área. Se o seu texto é sobre um tema muito específico da medicina, é recomendável ainda que o tradutor tenha especialidade neste tema, ou em áreas correlatas.

2 – Ferramentas de tradução especializadas: uma experiência muito comum que acontece com pessoas leigas que utilizam aplicativos genéricos de tradução, é que os textos são traduzidos ao pé da letra, o que gera falhas na interpretação dos textos, pois estes aplicativos são muito limitados em seu vocabulário, e muitas vezes sequer reconhecem alguns dos termos apresentados. Mas empresas especializadas em tradução possuem softwares elaborados com um banco de dados de palavras e termos registrados que ajudam o tradutor na hora de elaborar documentos desde os mais simples até os mais específicos.

Por serem softwares caros e de difícil acesso, é comum que os tradutores iniciantes ou amadores não tenham acesso a estas ferramentas, enquanto agências especializadas costumam trabalhar com um ou mais softwares para somar ao trabalho do tradutor.

3 – Revisão: uma boa revisão é fundamental para certificar que seu texto tenha sido traduzido de maneira correta, fiel ao original e também que não possua erros gramaticais e ortográficos. Certifique-se de que o profissional ou empresa contratada para realizar a sua tradução ofereça este serviço também, pois isso pode fazer a diferença na qualidade do seu documento.

Textos de origem médica são documentos fundamentais e que precisam ser difundidos globalmente pois podem auxiliar em tratamentos e novas técnicas necessárias para a população. Uma boa tradução é uma etapa fundamental neste processo de difusão do conhecimento. 

Continue lendo

Geral

Procon orienta sobre abusos de ligações de telemarketing

Publicado

em

Consumidor que se sentir importunado com ligações de telemarketing pode pedir o bloqueio na plataforma do Procon

O Programa de Orientação e Defesa do Consumidor de Rondônia (Procon) já está operando com uma nova plataforma que permite o bloqueio das ligações de telemarketing, que se constitui numa das principais demandas dos consumidores, pela impertinência e incômodo que geram com o excesso de ligações telefônicas para venda de produtos entre outros serviços.

De acordo com orientações do coordenador estadual do Procon, Ihgor Jean Rego, o consumidor que se sentir importunado pela ação do telemarketing pode acessar a plataforma https://procon.ro.gov.br/ e a partir dela fazer denúncia ou pedi o bloqueio das ligações, clicando em “Quero fazer o Bloqueio do Telemarketing”, que será direcionado à página com pedido de informações dirigidas.

Jean Rego explicou que sobre este serviço existe uma demanda relativamente grande, e foi baseado neste fato que o Procon inovou seus procedimentos operacionais com recursos da Tecnologia da Informação (TI) e abriu para o consumidor esta nova ferramental para facilitar a comunicação e dar rapidez à prestação de serviço. “Feito o pedido de bloqueio, a empresa terá 30 dias para adotar a providência, e se isso não ocorrer neste prazo, ela pode ser multada”.

Importa destacar que além do portal procon.ro.gov.br ou do endereço consumidor.gov.br que servem ao consumidor como suporte em suas necessidades de orientação e para fazer denúncias de abusos que sofreram, o Procon disponibiliza outros canais de comunicação (mais conhecidos) como o telefone 151 e o WhatsApp (69) 98491-2986, para auxiliar o consumidor em suas demandas.


Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Dandara Carvalho
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Geral

Cresce otimismo de empresários industriais para os próximos meses

Publicado

em

Na região de Ariquemes, nova subestação de energia entusiasma ramo de mineração

Subestação Bom Futuro

A Sondagem Industrial da Confederação Nacional da Indústria (CNI) alcançou 61 pontos em julho. Esse é o maior valor para julho desde 2011, quando o índice era de 61,8 pontos. Em Ariquemes, o otimismo das mineradoras com a inauguração da nova subestação do Grupo Energisa ajuda a explicar o resultado. A infraestrutura é a segunda a ser entregue das 13 que estão em construção no estado este ano como parte do plano de investimento de R$ 1,7 bilhões que nasceu há três anos, quando a concessão passou a ser controlada pelo Grupo. A subestação de energia Bom Futuro tem capacidade para distribuir 12 mil MVA, o equivalente ao consumo de 60 mil casas populares.

Jaime Morgan, presidente da Coopersanta, é um dos entusiastas pelo cenário dos próximos meses, especialmente para o mercado de cassiterita, matéria-prima minerada no distrito de Bom Futuro e utilizado para produção de latas, embalagens, solda para fabricação e conserto de aparelhos eletrônicos. “Antes estávamos sempre limitados a usar geração de energia com motor e isso inviabiliza a operação, conforme o preço do estanho. A nova subestação está fornecendo energia na quantidade e qualidade que precisamos para o funcionamento do nosso maquinário. A energização veio em boa hora, pois o mercado da cassiterita está valorizando”, disse o empresário ao explicar que é preciso produzir em grande volume para ser competitivo.

Em 2019, Rondônia liderava o ranking de produção de estanho no país de acordo com Anual Mineral Brasileiros. Na região, a mineração gera 500 empregos diretos e a empresa já se prepara para contratar mais 100 colaboradores nos próximos meses.

A construção da subestação e dos 80 km de linhão, que integra o pequeno distrito ao Sistema Interligado Nacional, começou em 2019 e custou R$ 56 milhões em investimento próprio do Grupo Energisa. Filipe Lima, gerente de obras de Alta Tensão da concessionária, conta que esta é a segunda das 13 novas estruturas semelhantes que serão entregues esse ano. “Estamos há quase três anos trabalhando para apoiar o desenvolvimento e fortalecer o ambiente de negócios em Rondônia, desde o pequeno até o grande empresário”, declarou.  No site www.energisajuntos.com.br há mais informações sobre os investimentos da concessionária no estado, relato de clientes e informações sobre os principais serviços.


Tamiris Barcellos Ribeiro Garcia

Continue lendo
--Publicidade--

Ultimas Notícias

--Publicidade--

Publicidades

Agronegócio

Policial

Internacional

Tendências

%d blogueiros gostam disto: