conecte-se conosco

Internacional

Passa de mil o número de mortos pelo coronavírus na China

Publicado

em

Imagem: Liu Chan/Xinhua

Hubei, onde fica a cidade de Wuhan, anunciou mais 103 mortes e 2.097 casos confirmados da doença nesta segunda-feira (10). Com novo balanço, total de mortes no país vai para 1.016.

A Província de Hubei, na China, confirmou mais 103 mortes por causa do novo coronavírus nesta segunda-feira (10). Na província fica a cidade de Wuhan, epicentro da epidemia, e somente nesta localidade o balanço aponta 67 mortes. Com a atualização dos dados, o total de mortes chega na China chega a 1.016.

A província confirmou ainda outros 2.097 casos de pessoas infectadas pelo vírus. O total de casos confirmados no país sobe para 42.638.

Destaques do surto nesta segunda

  • Número de mortes na China passa de mil
  • Casos confirmados chegam a 42,6 mil
  • No Brasil, nenhum caso foi confirmado e há sete suspeitos
  • Governo destina R$ 11,2 milhões para combate ao coronavírus
  • Boletim diz que repatriados estão sem sintomas
  • No Japão, cruzeiro tem 135 pessoas infectadas; brasileiro relata clima tenso

Riscos no Brasil

O Ministério da Saúde informou nesta segunda que sete casos suspeitos de novo coronavírus são investigados no Brasil. Desde o começo dos alertas, o Brasil já descartou 32 casos suspeitos. Nenhum foi confirmado.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reafirmou nesta segunda que o mais provável é que a circulação do vírus ocorra no Brasil. Ele avalia que a China atualmente mantém uma forte contenção da circulação das pessoas nas áreas mais afetadas pela epidemia, mas que talvez essa não seja uma estratégia “viável” a longo prazo.

“Falam em 85% de contenção da circulação de pessoas. Mas isso não é viável por muito tempo. Até quando isso vai se sustentar, está muito cedo para dizer. É possível que vá chegar no Brasil. E é provável.” – Mandetta, ministro da Saúde

Coronavírus é descartado em pacientes de Rondônia.  — Foto: Getty images via BBC

Coronavírus é descartado em pacientes de Rondônia. — Foto: Getty images via BBC

Fonte: G1

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe seu comentário

Economia

Kuwait abre mercado para a carne bovina brasileira

Publicado

em

Por

A ministra Tereza Cristina esteve visitando o país do Oriente Médio no ano passado, em missão para iniciar o processo de negociação

Foto: Reprodução/© Abiec/Agência Brasil

O Ministério da Agricultura (Mapa) informou nesta quinta-feira, 13, que o Kuwait passará a importar carne bovina do Brasil.

“Mais uma boa notícia de abertura de mais um mercado para a carne bovina brasileira: o Kuwait, país que visitamos em setembro, quando iniciamos essa conversação. Hoje veio a boa notícia de mais um mercado para a carne bovina brasileira”, afirmou a ministra Tereza Cristina, que comemorou a conquista nas redes sociais.

A ministra esteve no país em setembro do ano passado, durante missão no Oriente Médio. Atualmente, a carne de frango (in natura) é o produto agropecuário brasileiro mais comprado pelo Kuwait. Em 2018, foram importadas 122.945 toneladas, o equivalente a US$ 185,7 milhões, informou o Mapa.

O Brasil também exporta para o Kuwait milho, suco de laranja, café solúvel, farelo de soja, café verde, carne de frango (industrializada), carne de pato (in natura), castanha de caju e carne de peru (in natura). No ano passado, as exportações agropecuárias para o Kuwait totalizaram US$ 209,4 milhões, o equivalente a 215.463 toneladas.

Fonte: Canal Rural

Continue lendo

Bizarro

INUSITADO: Motorista argentino é multado por transportar sogra no porta-malas em Florianópolis

Publicado

em

Por

Um motorista argentino foi multado por transportar a sogra no porta-malas do carro. O caso aconteceu na SC-401 em Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis.

Nesta quinta-feira (13), um motorista argentino foi multado por transportar a sogra no porta-malas do carro. O caso aconteceu na SC-401 em Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis.

Os policiais militares rodoviários abordaram um Renault Duster de uma família argentina e flagraram a sogra do condutor com as malas.

Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), a justificativa da família foi dinheiro. Ao invés de usar dois carros no passeio, escolheram a sogra para ocupar o espaço. Se não bastasse a situação inusitada, uma criança também estava sendo transportada sem a cadeirinha.

O motorista foi autuado e liberado após sanar as irregularidades. Para poder seguir viagem, a família se dividiu, utilizando serviço de carros por aplicativo.

A corporação destacou que, além de ser uma infração de trânsito, a prática coloca vidas em risco.

 Fonte: Ric mais

Continue lendo

Ciência

Asteroide de 1 km se aproximará da Terra no sábado (15); não há risco de colisão

Publicado

em

Por

“Asteroide que pode causar destruição em massa passará pela Terra”. “NASA faz alerta sobre asteroide gigante”. “Rocha de 1 km pode matar milhões em aproximação com a Terra”. “Imenso asteroide, que seria como uma guerra nuclear total se atingisse a Terra, passará pelo planeta”. Manchetes sensacionalistas como essas estão pipocando por aí nesses últimos dias, pois o asteroide 2002 PZ39 fará sua máxima aproximação com a Terra no próximo sábado (15). Contudo, mesmo com seus até 990 metros de diâmetro, o objeto não está em rota de colisão e tampouco passará realmente perto de nós.

Considerado um dos maiores asteroides relativamente próximos de nosso planeta, o 2002 PZ39 foi descoberto em 2002 e é monitorado pelo CNEOS (Center for Near Earth Object Studies), centro da NASA que justamente estuda os chamados NEOs (sigla em inglês que significa “Objetos Próximos da Terra”). De acordo com as medições da agência espacial, esta máxima aproximação do asteroide com o nosso planeta será de 5,7 milhões de quilômetros — pouco mais de 15 vezes a distância média da Lua.

Ou seja: Apesar de esta realmente ser sua máxima aproximação, falar que o asteroide “passará perto da Terra” é um exagero. Quem também faz esse trabalho de monitorar objetos espaciais potencialmente perigosos é a ESA (a agência espacial europeia), que sequer menciona o 2002 PZ39 em suas listas de objetos de risco.

Neste mês de fevereiro, outros objetos espaciais também farão suas máximas aproximações com a Terra — e nenhum representa risco real ao planeta, ainda que alguns deles passem até mais perto do que o 2002 PZ39. Nesta quarta (12), por exemplo, o objeto 2020 CH, que mede até 52 metros, estará a 11 vezes a distância da Lua, enquanto o 2020 CF e seus até 20 metros chegarão a 14 distâncias lunares.

Já no dia 16, o objeto 2020 BL14 com s até 55 metros de diâmetro estará a quase 18 distâncias lunares, sendo que, no dia 17, outros dois corpos espaciais estarão muito mais próximos de nós: 2020 CK1, com até 27 metros, estará a 8 vezes a distância da Lua, enquanto o 2018 CW2, com até 47 m, chegará bem mais perto, a apenas 5,97 distâncias lunares.

Completam a lista os objetos 2020 BA10 (até 47 m), que estará a 12 distâncias lunares no dia 18; 2020 CX1 (até 89 m), passando a 14 distâncias lunares no dia 19; 2020 BL7 (até 60 m), a 13 distâncias lunares no dia 19; e 2020 BC9 (até 130 m), que passará por nós a uma distância quase 14 vezes maior do que a distância da Lua no dia 20.

nte: Canal Tech

Continue lendo

Publicidades

Tendências

%d blogueiros gostam disto: