Conecte-se conosco

Destaques

Exportações aumentam e preço da carne de boi dispara

Publicado

em

Estiagem mais longa deixou o pasto seco, o que não engordou o gado, e colocou ainda mais pressão no mercado

O preço da carne vermelha disparou em todo o país e o principal motivo vem de fora.

O preço alto encolheu o bife no prato do brasileiro. “Estou até perguntando o que aconteceu, por que aumentar desse tanto assim de uma vez”, disse a aposentada Júlia Barreto.

Em são Paulo, o preço do quilo da carne atingiu a máxima histórica de R$ 15,79 nesta segunda-feira (25).

Segundo especialistas, o aumento das exportações para China, Rússia e Emirados Árabes foi o principal motivo da alta para o consumidor.

O Brasil é o maior exportador de carne bovina do mundo.

“Os grandes players como Argentina, Paraguai, Uruguai têm limites geográficos, problemas políticos. A Austrália é um grande player também, tem problemas naturais de seca, chuva e também já exporta 80% da sua produção. A União Europeia: alto custo de produção. O Brasil está para a produção de carne bovina assim como o Oriente Médio está para a produção de petróleo”, disse Thiago Bernardino de Carvalho, pesquisador de pecuária do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP (Cepea).

Além disso, o período de estiagem, mais longo em 2019, deixou o pasto seco, que não engordou o gado e colocou ainda mais pressão no mercado.

“O movimento especulativo que os produtores, na expectativa de que o preço aumente, acabam segurando um pouco mais esse gado, demorando um pouco mais para enviar esse animal para o abate”, explicou Rodrigo Coelho, gerente de exportação de frigorífico.

Final de ano e o consumidor espera mesmo que o preço da carne suba por causa das festas de confraternização. Mas estava acostumado com um aumento de até 10%. Só que subiu bem mais que isso e foi além do que cabe no bolso de muito brasileiro.

O preço do quilo da carne subiu em média 20% em novembro na comparação com setembro deste ano.

“A gente vai ter que trabalhar bastante, suar a camisa aí para conseguir trazer um preço mais acessível ao consumidor. Mas, sem dúvida, o preço que era no passado, esse não volta nunca mais não”, afirmou Rafael Pecioli, que é dono de açougue.

“A gente vai equilibrando, né. Compra menos, compra uma carne mais barata”, diz o bancário Marcelo Gomes.

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda (25) que os preços ficaram estáveis por muito tempo e que os produtores vivem um momento de euforia, mas que o mercado vai se equilibrar. E que, mesmo sendo um grande exportador, o Brasil poderá importar carne.

Fonte: G1

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Coronavirus

Alta Floresta: Ótimas notícias sobe para 99 o nº de curados e cai para 23 em tratamento

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU), divulgou mais um boletim referente a este domingo (05) sobre o COVID-19 em Alta Floresta D’Oeste, onde mais 01 caso foi
registrado como positivo, totalizando 122 casos confirmados.
Veja os números:
Casos confirmados: 122
Alta Floresta: SEMSAU divulga boletim do COVID19 referente a este domingo
Casos curados: 99
Casos suspeitos: 53
Casos em tratamento: 23
Casos descartados: 438
Casos notificados: 613
Caso confirmado e internado: 01
Suspeitos internados: 03
Fonte – Decom

Continue lendo

Coronavirus

Rondônia chega aos 23.479 casos e 12.512 curados, confira o Boletim diário sobre coronavírus (5)

Publicado

em

Por

Dos 23.479 casos de covid-19 confirmados em Rondônia, 14.119 são em Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado.

No domingo (5) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 23.479
Pacientes recuperados – 12.512
Óbitos – 555
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 313
Pacientes internados na Rede Privada – 60
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 37
Total de pacientes internados – 410
Testes Realizados – 84.745
Aguardando resultados do Lacen – 1.126

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março até hoje (5 de julho), por Covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 05/07/2020
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS RECUPERADOS ÓBITOS
Porto Velho 14.119 6.557 382
Ariquemes 1.511 1.015 22
Guajará-Mirim 1.449 819 51
São Miguel do Guaporé 718 682 8
Jaru 709 388 10
Vilhena 621 398 7
Candeias do Jamari 580 375 11
Ji-Paraná 556 338 12
Rolim de Moura 432 200 3
Cacoal 330 271 5
Nova Mamoré 283 130 5
Ouro Preto do Oeste 234 153 6
Pimenta Bueno 200 132 3
Buritis 146 71 2
Itapuã do Oeste 136 85 1
Machadinho D’Oeste 123 72 1
Alta Floresta D’Oeste 121 78 0
Cujubim 95 72 3
Espigão D’Oeste 81 59 2
Alto Paraíso 70 46 4
Presidente Médici 70 18 2
Monte Negro 63 49 1
Campo Novo de Rondônia 62 31 3
Mirante da Serra 56 48 2
Pimenteiras do Oeste 56 30 0
Nova União 48 35 0
São Francisco do Guaporé 47 33 1
Alto Alegre dos Parecis 45 30 1
Colorado do Oeste 45 25 0
Vale do Anari 45 29 0
Governador Jorge Teixeira 42 22 0
Cerejeiras 35 24 2
Theobroma 35 10 0
Seringueiras 34 17 0
Rio Crespo 29 5 0
Costa Marques 28 11 1
Urupá 26 26 0
Novo Horizonte do Oeste 24 13 1
Alvorada D’Oeste 23 14 1
Castanheiras 21 14 0
Nova Brasilândia D’Oeste 21 12 0
São Felipe D’Oeste 21 11 0
Cacaulândia 15 13 0
Vale do Paraíso 15 13 0
Chupinguaia 14 8 0
Cabixi 13 3 1
Santa Luzia D’Oeste 12 11 0
Primavera de Rondônia 5 6 0
Teixeirópolis 5 4 0
Corumbiara 4 4 0
Ministro Andreazza 3 2 1
Parecis 3 0 0
Rondônia 23.479 12.512 555

ÚLTIMAS 24 HORAS

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para Covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 272 4
Ariquemes 34 0
Guajará-Mirim 0 1
São Miguel do Guaporé 0 0
Jaru 96 0
Vilhena 2 0
Candeias do Jamari 85 0
Ji-Paraná 2 0
Rolim de Moura 0 0
Cacoal 0 0
Nova Mamoré 5 0
Ouro Preto do Oeste 0 1
Pimenta Bueno 0 0
Buritis 0 0
Itapuã do Oeste 1 0
Machadinho D’Oeste 11 0
Alta Floresta D’Oeste 3 0
Cujubim 0 0
Espigão D’Oeste 0 0
Alto Paraíso -1 0
Presidente Médici 3 1
Monte Negro 0 0
Campo Novo de Rondônia 3 0
Mirante da Serra 0 0
Pimenteiras do Oeste 0 0
Nova União 0 0
São Francisco do Guaporé 0 0
Alto Alegre dos Parecis 0 0
Colorado do Oeste 0 0
Vale do Anari 0 0
Governador Jorge Teixeira 0 0
Cerejeiras 0 0
Theobroma 1 0
Seringueiras 0 0
Rio Crespo 0 0
Costa Marques 0 0
Urupá 0 0
Novo Horizonte do Oeste 0 0
Alvorada D’Oeste 3 0
Castanheiras 0 0
Nova Brasilândia D’Oeste 0 0
São Felipe D’Oeste 0 0
Cacaulândia 0 0
Vale do Paraíso 0 0
Chupinguaia 0 0
Cabixi 2 0
Santa Luzia D’Oeste 0 0
Primavera de Rondônia 0 0
Teixeirópolis 0 0
Corumbiara 0 0
Ministro Andreazza 0 0
Parecis 0 0
Rondônia 522 7

Hoje (5) foram confirmados sete óbitos por Covid-19 em Rondônia, quatro em Porto Velho, sendo um homem de 77 anos de idade, três mulheres (70, 79 e 81 anos), um homem de 73 anos de Guajará-Mirim, uma mulher de 92 anos de Ouro Preto do Oeste e uma mulher de 49 anos do município de Presidente Médici.

Após investigação epidemiológica foi constatado um registro a mais no municípios de Alto Paraíso, em decorrência de duplicidade de registro de casos. Essas alterações de números de casos acontecem porque o mesmo paciente pode procurar dois pontos de atendimento e ter sua notificação duplicada.

Os dados já foram ajustados no sistema. Estatisticamente, deve-se considerar que há registros a mais na edição anterior referentes a tais municípios.

OBSERVAÇÕES

  1. Os dados diários podem sofrer alterações;
  2. Os casos e óbitos notificados/ocorridos após meio dia serão divulgados no boletim do dia seguinte.
  3. Os óbitos precisam ser investigados, ficando portanto, as informações, passíveis de alteração para mais ou para menos, bem como o provável local de infecção.

A Agevisa ressalta que os dados não são lidos e atualizados imediatamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), por isso há atraso (delay) no registro de casos que estão sendo acompanhados diariamente por equipes de saúde nos municípios.

Para informações sobre internados por unidades de saúde e municípios, assim como os demais detalhes, acesse o Painel Interativo da Covid-19 em Rondônia, através do endereço: covid19.sesau.ro.gov.br.

Fonte
Texto: Mineia Capistrano
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Acidentes

Urgente: Grave acidente na linha 70 entre duas caminhonetas em Alta Floresta RO

Publicado

em

Por

Grave acidente envolvendo duas caminhonetas na linha 70 aguardem a matéria completa a qualquer momento.

Continue lendo

Publicidade

--Publicidade--
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--

Tendências

%d blogueiros gostam disto: