Home / Geral / Alta Floresta:Mais um detento foge da Cadeia Pública na madrugada de sábado (26)

Alta Floresta:Mais um detento foge da Cadeia Pública na madrugada de sábado (26)

Direção informou que as polícias Militar e Civil estão trabalhando na recaptura, o apenado fugiu pela cobertura.

Mais um detento fugiu da Cadeia Pública de Alta Floresta na madrugada deste sábado (26).

A direção da Cadeia Pública de Alta Floresta D´Oeste em contato com a equipe do site 190online, disse que na unidade no local onde fica o Semi aberto não foi feita nenhuma adequação para garantir que eles [presos] permanecessem ali. O muro dos fundos não oferece nenhuma resistência o qual da acesso direto do lugar onde os presos ficam alojados para a rua.

O pessoal está sempre muito atento, esperando alguma articulação deles, alguma manobra pra fugir, a estrutura de segurança onde ficam os detentos do semi aberto é bastante precária, os muros da unidade não têm cerca elétrica ou concertinas nem câmeras de vigilância, não há laje nas celas, apenas uma cobertura em telha de fibrocimento, disse a Direção.

O Semi aberto da Cadeia Pública de Alta Floresta conta hoje com aproximadamente cerca de 20 detentos.

A Polícia Militar ajuda nas buscas pelos fugitivos. Os detentos IGOR RODRIGUES NETO, e LEONARDO BEZERRA DE CAMPOS, haviam fugido na madrugada do dia (25), e na madrugada de hoje (26) CELSO VENTURA NETO usou o mesmo procedimento de fuga, saindo pela cobertura.

CELSO VENTURA NETO no dia 13 de outubro, foi recolhido pela Policia Militar após quebrar benefício de indulto do dia das crianças.

Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro de algum desses foragidos, pode entrar em contato com a PM, através do 190, com a Polícia Civil, pelo 3641-2245 ou com o próprio Presídio, no 3641-3026.

Fonte: www.190online.com     

Baixe e Instale em seu Celular

Sobre Rudinei

Verifique também

Interior de Rondônia – Homem chega do trabalho e encontra esposa sem vida

Uma jovem identificada como Mayara Duarte Naves, de 21 anos cometeu suicídio no final da …

Deixe seu comentário