Conecte-se conosco

Destaques

Usar computador mais de três horas por dia pode causar série de problemas visuais

Publicado

em

Irritação, vermelhidão, ressecamento, além de sensação de corpo estranho nos olhos são alguns dos sintomas de que algo não vai bem com a saúde ocular

Pessoas que usam computador ou tablet por longa duração estão mais propensas a desenvolver um quadro de problemas visuais, sobretudo se o tempo de exposição for superior a três horas por dia – o que aumenta essa probabilidade em 90%. A estimativa é da Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SOB), que ainda aponta a miopia como uma das principais consequências disso. Ainda de acordo com o levantamento da entidade, os alvos da chamada Síndrome Visual Relacionada a Computador (SVRC) costumam ser crianças e jovens.

Isso porque são justamente essas pessoas que ficam mais tempo em frente ao computador, seja realizando atividades escolares, jogando ou acessando redes sociais. De acordo com o médico oftalmologista do DayHORC, empresa do Grupo Opty, Marcos Oliveira, o grande vilão para a saúde ocular são as luzes azuis emitidas por esses aparelhos – extremamente prejudiciais aos olhos, a longo prazo, já que podem causar degeneração na mácula (área da retina responsável pela visão de detalhes).

Dentre os principais sintomas que podem ser desencadeados pela SRVC estão sensação de corpo estranho, dor, irritação, vermelhidão, visão turva e ressecamento nos olhos. “A grande preocupação da síndrome são as doenças correlatas e uma possível ‘epidemia’ de miopia, no futuro, caso não seja reavaliado o uso adequado dos equipamentos eletrônicos”, afirma Marcos Oliveira.

Sobre o Opty

O Grupo Opty nasceu em abril de 2016, a partir da união de médicos oftalmologistas apoiados pelo Pátria Investimentos, que deu origem a um negócio pioneiro no setor oftalmológico do Brasil. O grupo aplica um novo modelo de gestão associativa que permite ampliar o poder de negociação, o ganho em escala e o acesso às tecnologias de alto custo, preservando a prática da oftalmologia humanizada e oferecendo tratamentos e serviços de última geração em diferentes regiões do País. No formato, o médico mantém sua participação nas decisões estratégicas, mantendo o foco no exercício da medicina.

Atualmente, o Grupo Opty é o maior grupo de oftalmologia da América Latina, agregando 14 empresas oftalmológicas, 1500 colaboradores e mais de 450 médicos oftalmologistas. O Instituto de Olhos Freitas (BA), o DayHORC (BA), o Instituto de Olhos Villas (BA), a Oftalmoclin (BA), o Hospital Oftalmológico de Brasília (DF), o Hospital de Olhos INOB (DF), o Hospital de Olhos do Gama (DF), o Centro Oftalmológico Dr. Vis (DF), o Hospital de Olhos Santa Luzia (AL), o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (SC), o Centro Oftalmológico Jaraguá do Sul (SC), a Clínica Visão (SC), o HCLOE (SP) e a Visclin Oftalmologia (SP) fazem parte dos associados, resultando em 30 unidades de atendimento. Visite www.opty.com.br.

Assessoria de Imprensa / DayHORC:

Lume Comunicação Integrada / www.lumecomunicacao.com.br

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Coronavirus

Alta Floresta: sobe para 90 o n° de curados, e cai o n° de infectados para 28, confira o boletim

Publicado

em

Por

A Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU) divulgou mais um boletim referente a essa Sexta-feira (03) sobre o COVID-19 em Alta Floresta D’Oeste, onde o município registra 90 curados. Durante essa sexta-feira mais 02 casos foram confirmados.

Alta Floresta: SEMSAU divulga novo boletim do
COVID-19 e Municipio chega a 90 curados
Veja os números:
Casos confirmados: 118
Casos curados: 90
Casos suspeitos: 48
Casos em tratamento: 28
Casos descartados: 418
Casos notificados: 584
Caso confirmado e internado: 01
Não há nenhum suspeito internado.
Fonte – Decom

Continue lendo

Destaques

PREVISÃO DE SÁBADO: Chuva deve cair a qualquer hora do dia na região Norte de Rondônia

Publicado

em

Por

Nas demais regiões do Estado, o predomínio do ar seco mantém o tempo aberto. O céu fica de claro a parcialmente nublado e não há previsão de chuva.
fonte. assessoria

Continue lendo

Coronavirus

Edição 109 – Boletim diário, sexta – feira dia (03) sobre coronavírus em Rondônia

Publicado

em

Por

Dos 22.241 casos de Covid-19 confirmados em Rondônia, 13.373 são em Porto Velho

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados referentes ao coronavírus (Covid-19) no Estado.

Na sexta-feira (3) foram consolidados os seguintes resultados para Covid-19 em Rondônia:

Casos confirmados – 22.241
Pacientes recuperados – 11.543
Óbitos – 533
Pacientes internados na Rede Estadual de Saúde – 314
Pacientes internados na Rede Privada – 97
Pacientes internados na Rede Municipal de Saúde – 53
Total de pacientes internados – 464
Testes Realizados – 81.865
Aguardando resultados do Lacen – 551

No Estado, os números de casos confirmados, recuperados e de óbitos, desde o primeiro registro em 20 de março até hoje (3 de julho), por Covid-19 são:

TOTAL DE CASOS EM RONDÔNIA – 03/07/2020
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS RECUPERADOS ÓBITOS
Porto Velho 13.373 5.918 366
Ariquemes 1.464 909 22
Guajará-Mirim 1.404 751 48
São Miguel do Guaporé 717 678 8
Vilhena 589 386 7
Jaru 586 373 10
Ji-Paraná 541 333 12
Candeias do Jamari 493 349 11
Rolim de Moura 412 199 3
Cacoal 328 264 5
Nova Mamoré 263 111 5
Ouro Preto do Oeste 230 142 4
Pimenta Bueno 197 132 3
Buritis 140 62 2
Itapuã do Oeste 134 85 1
Alta Floresta D’Oeste 114 75 0
Machadinho D’Oeste 110 64 1
Cujubim 92 70 3
Espigão D’Oeste 87 50 2
Alto Paraíso 70 43 4
Presidente Médici 62 14 1
Campo Novo de Rondônia 60 28 3
Monte Negro 58 49 1
Mirante da Serra 55 47 2
Nova União 49 35 0
São Francisco do Guaporé 46 36 1
Colorado do Oeste 45 24 0
Pimenteiras do Oeste 45 23 0
Vale do Anari 45 29 0
Governador Jorge Teixeira 41 21 0
Alto Alegre dos Parecis 38 29 1
Cerejeiras 32 25 2
Seringueiras 32 14 0
Theobroma 32 9 0
Costa Marques 26 11 1
Rio Crespo 26 5 0
Urupá 26 26 0
Novo Horizonte do Oeste 24 13 1
Castanheiras 21 14 0
Nova Brasilândia D’Oeste 21 11 0
Alvorada D’Oeste 19 13 1
Cacaulândia 15 13 0
Vale do Paraíso 15 13 0
Chupinguaia 14 8 0
Santa Luzia D’Oeste 12 11 0
São Felipe D’Oeste 12 9 0
Cabixi 5 3 1
Primavera de Rondônia 5 6 0
Teixeirópolis 5 4 0
Corumbiara 4 4 0
Parecis 4 0 0
Ministro Andreazza 3 2 1
Rondônia 22.241 11.543 533


ÚLTIMAS 24 HORAS

Em Rondônia, nas últimas 24 horas foram registrados os seguintes resultados para Covid-19:

ÚLTIMAS 24 HORAS
MUNICÍPIOS CASOS CONFIRMADOS ÓBITOS
Porto Velho 41 0
Ariquemes 74 0
Guajará-Mirim 36 2
São Miguel do Guaporé -1 1
Vilhena 36 0
Jaru 6 0
Ji-Paraná 4 0
Candeias do Jamari 22 0
Rolim de Moura 2 0
Cacoal 9 0
Nova Mamoré 24 0
Ouro Preto do Oeste 0 0
Pimenta Bueno 11 0
Buritis -9 0
Itapuã do Oeste 1 0
Alta Floresta D’Oeste 1 0
Machadinho D’Oeste 0 0
Cujubim -1 0
Espigão D’Oeste 8 0
Alto Paraíso 0 0
Presidente Médici 6 0
Campo Novo de Rondônia 1 0
Monte Negro 1 0
Mirante da Serra 1 0
Nova União 0
São Francisco do Guaporé -1 0
Colorado do Oeste -1 0
Pimenteiras do Oeste 0 0
Vale do Anari 0 0
Governador Jorge Teixeira 0 0
Alto Alegre dos Parecis -1 0
Cerejeiras 0 0
Seringueiras 0 0
Theobroma 0 0
Costa Marques 0 0
Rio Crespo 7 0
Urupá -1 0
Novo Horizonte do Oeste 0 0
Castanheiras 1 0
Nova Brasilândia D’Oeste 0 0
Alvorada D’Oeste 1 0
Cacaulândia 0 0
Vale do Paraíso -1 0
Chupinguaia 0 0
Santa Luzia D’Oeste 0 0
São Felipe D’Oeste -7 0
Cabixi 1 0
Primavera de Rondônia 0 0
Teixeirópolis 0 0
Corumbiara 0 0
Parecis 0 0
Ministro Andreazza 0 0
Rondônia 271 3

Hoje (3) foram confirmados três óbitos por Covid-19 em Rondônia, sendo duas em Guajará-Mirim, uma mulher de 68 anos e um homem de 56 anos de idade, e uma mulher de 54 anos do município de São Miguel do Guaporé.

Após investigação epidemiológica foram constatados registros a mais nos seguintes municípios: Alto Alegre dos Parecis, Buritis, Colorado do Oeste, Cujubim, São Felipe D’Oeste, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Urupá e Vale do Paraíso, em decorrência de duplicidade de casos registrados. Essas alterações de números de casos acontecem porque o mesmo paciente pode procurar dois pontos de atendimento e ter sua notificação duplicada.

Os dados já foram ajustados no sistema. Estatisticamente, deve-se considerar que há registros a mais na edição anterior referentes a tais municípios.

OBSERVAÇÕES

  1. Os dados diários podem sofrer alterações;
  2. Os casos e óbitos notificados/ocorridos após meio dia serão divulgados no boletim do dia seguinte.
  3. Os óbitos precisam ser investigados, ficando portanto, as informações, passíveis de alteração para mais ou para menos, bem como o provável local de infecção.

A Agevisa ressalta que os dados não são lidos e atualizados imediatamente pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs), por isso há atraso (delay) no registro de casos que estão sendo acompanhados diariamente por equipes de saúde nos municípios.

Para informações sobre internados por unidades de saúde e municípios, assim como os demais detalhes, acesse o Painel Interativo da Covid-19 em Rondônia, através do endereço: covid19.sesau.ro.gov.br.

Fonte
Texto: Mineia Capistrano
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Continue lendo

Publicidade

--Publicidade--
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--

Tendências

%d blogueiros gostam disto: