Conecte-se conosco

Destaques

Governo entrega mais de R$ 5 milhões em veículos e equipamentos para o Idaron

Publicado

em

Os 25 veículos leves (pick up) atenderão as demandas das regionais e unidades de fiscalização da Idaron em Porto Velho e vários outros municípios.

Na segunda-feira (23), no estacionamento Pirarucu, lado direito da Sesau, no Palácio Rio Madeira, o Governo de Rondônia entrega 25 veículos tipo pick up, cinco conjuntos de barcos a motor e vários equipamentos de tecnologia para fortalecer o serviço de fiscalização e monitoramento que é realizado em todo o estado pela Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastorial de Rondônia (Idaron).

São mais de R$ 5 milhões em investimentos que garantirão à Agência Idaron o controle efetivo da entrada de animais, vegetais e alimentos no estado, além, é claro, do aumento das atividades de defesa animal e vegetal, garantindo aos produtores rurais a manutenção de mercado e a busca por novos comércios nacionais e no exterior.

Além da renovação da frota, o Governo investe, ainda, na construção e reforma de unidades de fiscalização e na aquisição de diversos aparelhos, como telefones via satélite e câmeras para monitoramento de fronteira, com foco especial em Cabixi e Vilhena, na divisa com o Mato Grosso.

As 25 pick up atenderão as demandas das regionais e unidades de fiscalização da Idaron em Porto Velho, Candeias do Jamari, Guajará-Mirim, Ariquemes, Buritis, Alto paraíso, Rolim de Moura, Migrantenópolis, Alta Floresta, Pimenta Bueno, Primavera do Oeste, Vale do Anari, Machadinho do Oeste, Colina Verde, São Francisco do Guaporé, Chupinguaia, Corumbiara, Pimenteira do Oeste, Ji-Paraná e Ouro Preto.

Essas unidades também serão dotadas de 200 computadores, cinco barcos com motores e carretinhas, 40 impressoras e scanners, 111 bebedouros que já foram instalados e 30 telefones satelitais.

A Agência também contratou uma empresa especializada para reformar uma embarcação (Quero Quero II) que é utilizada pelos servidores em ações desenvolvidas ao longo dos rios, com visita e inspeção em todas as propriedades rurais.

Cinco conjuntos de lanchas, com motores 90 e carretinhas, também serão entregues pelo governador nesta segunda-feira.

O reforço acontece também através da construção, melhoramento e recuperação das unidades de fiscalização e supervisões da Agência em todo o Estado. Mais recentemente foram atendidas as regionais de Rolim de Moura, Ariquemes e Ji-Paraná. O passo seguinte é a implantação de dois novos postos de fiscalização na divisa com o Mato Grosso, em Vilhena e Cabixi.

Em Porto Velho, a Idaron reformou o posto fiscal localizado na divisa de Rondônia com o estado do Amazonas e, no planejamento estratégico da Idaron, está prevista, ainda para este ano, a licitação de uma Ata de Registro de Preço. O objetivo é iniciar, em 2020, reformas de 42 unidades (entre próprias e cedidas) em Porto Velho (flutuante de Calama, Jaci-Paraná, União Bandeirantes, posto fiscal do km 130), Nova Mamoré, Guajará-Mirim, Surpresa, Palmeira, Triunfo, Ariquemes, Rio Branco, Alto Paraíso, Buritis, Cujubim, Campo Novo, Rio Crespo, Nova Colina, Vale do Paraíso, Presidente Médici, Urupá, Bom Jesus, Theobroma, Machadinho do Oeste, Posto Fiscal MA 28, Ministro Andreazza, Espigão do Oeste, Pimenta Bueno, São Felipe, Vilhena, Chupinguaia, Colorado, Cabixi, Cerejeiras, Pimenteiras, Boa Esperança, Porto Rolim, Alto Alegre, Izidolândia, São Francisco do Guaporé, Costa Marques, Fazenda Pau D’Óleo e São Domingo.

No total são cera de R$ 20 milhões empregados para atender as medidas de biossegurança previstas no Plano Estratégico do PNEFA (Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa), que prevê a retirada da vacinação contra a doença no estado de Rondônia em 2020.

Fonte
Texto: Toni Francis
Fotos: Toni Francis
Secom – Governo de Rondônia

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Coronavirus

Alta Floresta: Mais 04 casos de COVID-19 são confirmados no município, totalizando 16 casos

Publicado

em

Por

Neste sábado (06), mais 04 casos de COVID-19 (Coronavírus) foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU), totalizando 16 casos em Alta Floreta D’Oeste. Os casos foram confirmados 02 por Teste Rápido e 02 por Critério Clínico-epidemiológico.
CASOS NOTIFICADOS: 157
 
CASOS CONFIRMADOS: 16 (Sendo 03 pacientes curados e 13 casos em tratamento domiciliar)
 
CASOS SUSPEITOS: 18 
 
CASOS DESCARTADOS: 123 
 
Fonte: DECOM

Continue lendo

Coronavirus

Covid-19: Remédio para azia tem potencial para tratar casos leves

Publicado

em

Por

Em estudo feito nos Estados Unidos apontou um medicamento usado para azia estomacal como potencial tratamento de pacientes diagnosticados com a Covid-19 e não intubados. As observações foram publicadas nesta quinta-feira (04/06) no BMJ Journals.

De acordo com os pesquisadores, a terapia oral com alta dose de famotidina melhorou os sintomas da Covid-19 e reduziu a chance de morte ou intubação de dez pessoas infectadas pelo coronavírus em tratamento no Centro Médico Irving e no Hospital Presbiteriano de Nova York, da Universidade Columbia. Todos começaram a tomar famotidina enquanto se sentiam mal.

O tratamento mais utilizado foi de 80 mg por três vezes ao dia, em média por 11 dias. Segundo o estudo, todos os pacientes relataram melhoria acentuada dos sintomas relacionados à doença – especialmente, tosse e falta de ar – no intervalo entre 24 e 48 horas após o início do tratamento com e os efeitos persistiram até 14 dias após o primeiro uso.

“Os resultados desta série de casos sugerem que a alta dose de famotidina oral é bem tolerada e associada a melhores resultados relatados pelos pacientes não hospitalizados com Covid-19”, concluíram os pesquisadores.

Dos dez pacientes, apenas três relataram eventos adversos. Dois apresentaram tontura; um deles teve percepções muito ocasionais de batimentos cardíacos acelerados, e o outro também teve pele seca e insônia. O terceiro relatou sintomas gastroenterológicos e esquecimento temporário. Os médicos lembraram que, além do esquecimento, todos esses efeitos colaterais estão listados nas informações de prescrição da famotidina.

METROPOLES

Continue lendo

Coronavirus

Pessoas que testam positivo para covid-19 já saem com os remédios em mãos

Publicado

em

Por

Á partir de hoje começou a ser distribuído na rede de saúde de todo o estado um kit com medicamentos para quem testar positivo nos teses rápidos. O kit para paciente de Covid-19  é composto por 04 medicamentos. 

Azitromicina de 500 mg, Ivermectina de 6 mg, Dipirona 500 mg e Cloroquina 150 mg. Além da receita médica, os pacientes também recebem orientações sobre o isolamento e as medidas que devem ser seguidas à risca além do uso dos remédios.

Rondoniaovivo

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: