Home / Destaques / Governo entrega mais de R$ 5 milhões em veículos e equipamentos para o Idaron

Governo entrega mais de R$ 5 milhões em veículos e equipamentos para o Idaron

Os 25 veículos leves (pick up) atenderão as demandas das regionais e unidades de fiscalização da Idaron em Porto Velho e vários outros municípios.

Na segunda-feira (23), no estacionamento Pirarucu, lado direito da Sesau, no Palácio Rio Madeira, o Governo de Rondônia entrega 25 veículos tipo pick up, cinco conjuntos de barcos a motor e vários equipamentos de tecnologia para fortalecer o serviço de fiscalização e monitoramento que é realizado em todo o estado pela Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastorial de Rondônia (Idaron).

São mais de R$ 5 milhões em investimentos que garantirão à Agência Idaron o controle efetivo da entrada de animais, vegetais e alimentos no estado, além, é claro, do aumento das atividades de defesa animal e vegetal, garantindo aos produtores rurais a manutenção de mercado e a busca por novos comércios nacionais e no exterior.

Além da renovação da frota, o Governo investe, ainda, na construção e reforma de unidades de fiscalização e na aquisição de diversos aparelhos, como telefones via satélite e câmeras para monitoramento de fronteira, com foco especial em Cabixi e Vilhena, na divisa com o Mato Grosso.

As 25 pick up atenderão as demandas das regionais e unidades de fiscalização da Idaron em Porto Velho, Candeias do Jamari, Guajará-Mirim, Ariquemes, Buritis, Alto paraíso, Rolim de Moura, Migrantenópolis, Alta Floresta, Pimenta Bueno, Primavera do Oeste, Vale do Anari, Machadinho do Oeste, Colina Verde, São Francisco do Guaporé, Chupinguaia, Corumbiara, Pimenteira do Oeste, Ji-Paraná e Ouro Preto.

Essas unidades também serão dotadas de 200 computadores, cinco barcos com motores e carretinhas, 40 impressoras e scanners, 111 bebedouros que já foram instalados e 30 telefones satelitais.

A Agência também contratou uma empresa especializada para reformar uma embarcação (Quero Quero II) que é utilizada pelos servidores em ações desenvolvidas ao longo dos rios, com visita e inspeção em todas as propriedades rurais.

Cinco conjuntos de lanchas, com motores 90 e carretinhas, também serão entregues pelo governador nesta segunda-feira.

O reforço acontece também através da construção, melhoramento e recuperação das unidades de fiscalização e supervisões da Agência em todo o Estado. Mais recentemente foram atendidas as regionais de Rolim de Moura, Ariquemes e Ji-Paraná. O passo seguinte é a implantação de dois novos postos de fiscalização na divisa com o Mato Grosso, em Vilhena e Cabixi.

Em Porto Velho, a Idaron reformou o posto fiscal localizado na divisa de Rondônia com o estado do Amazonas e, no planejamento estratégico da Idaron, está prevista, ainda para este ano, a licitação de uma Ata de Registro de Preço. O objetivo é iniciar, em 2020, reformas de 42 unidades (entre próprias e cedidas) em Porto Velho (flutuante de Calama, Jaci-Paraná, União Bandeirantes, posto fiscal do km 130), Nova Mamoré, Guajará-Mirim, Surpresa, Palmeira, Triunfo, Ariquemes, Rio Branco, Alto Paraíso, Buritis, Cujubim, Campo Novo, Rio Crespo, Nova Colina, Vale do Paraíso, Presidente Médici, Urupá, Bom Jesus, Theobroma, Machadinho do Oeste, Posto Fiscal MA 28, Ministro Andreazza, Espigão do Oeste, Pimenta Bueno, São Felipe, Vilhena, Chupinguaia, Colorado, Cabixi, Cerejeiras, Pimenteiras, Boa Esperança, Porto Rolim, Alto Alegre, Izidolândia, São Francisco do Guaporé, Costa Marques, Fazenda Pau D’Óleo e São Domingo.

No total são cera de R$ 20 milhões empregados para atender as medidas de biossegurança previstas no Plano Estratégico do PNEFA (Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa), que prevê a retirada da vacinação contra a doença no estado de Rondônia em 2020.

Fonte
Texto: Toni Francis
Fotos: Toni Francis
Secom – Governo de Rondônia

Baixe e Instale em seu Celular

Sobre Rudinei

Verifique também

Agricultor colhe mandioca gigante de 14 kg

Toda essa fartura servirá de alimentação para o rebanho bovino criado na Fazenda Várzea Branca. …

Deixe seu comentário