Conecte-se conosco

Destaques

Gov lança plataforma digital para modernizar relações com empreendedores da saúde

Publicado

em

A plataforma digital VisaOn foi criada por técnicos do Estado

Em solenidade realizada na manhã de terça-feira (17) no Palácio Rio Madeira, o governador Marcos Rocha lançou o novo Sistema de Informação de Vigilância Sanitária Online, a plataforma digital VisaOn, criada por técnicos do Estado que promete fazer uma revolução na operação e gerência do serviço de vigilância sanitária do Governo e no atendimento às demandas dos empreendedores do setor de saúde e da população.

Desenvolvido pela Superintendência do Estado para Resultados (EpR) para simplificar e desburocratizar as atividades de vigilância e fiscalização da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), a plataforma VisaOn tem a missão de modernizar a vigilância e trazer comodidade para os empreendedores de serviços de saúde e serviços/produtos de interesse à saúde, substituindo procedimentos antiquados do padrão analógico para um conjunto de medidas digitais no tamanho da demanda.

A nova ferramenta, conforme explicações dos técnicos da EpR, vai agilizar e dar praticidade à fiscalização e emissão de licença pela Agevisa. Até o momento, para realizar os trabalhos nos municípios, os agentes precisam se deslocar de Porto Velho e voltam carregados com processos em papéis. Tudo isso dificulta e atrasa muito o trabalho da Agência que, a partir de agora, utilizando o VisaOn terá agilidade, controle, transparência e desburocratização desse serviço, evitando o desperdício, reduzindo tempo e o uso papel.

Governador Marcos Rocha destacou o empenho da equipe da EpR

Em seu discurso, o governador Marcos Rocha elogiou o trabalho do coronel Delner Freire e sua equipe da EPR, no desenvolvimento da ferramenta, que segundo suas palavras coloca Rondônia em lugar de destaque, como o primeiro estado do país a adotar e utilizar um sistema de TI avançado e de alcance para aprimorar as ações metodológicas e operacionais do setor de saúde.

Segundo ele, com a adoção dessa tecnologia desenvolvida pelos próprios técnicos do Governo, o estado de Rondônia e os municípios vão aumentar a eficiência do licenciamento e da fiscalização, além de permitir controle da arrecadação e informar aos contribuintes regulados sobre prazos, documentos necessários e emissão de boletos de pagamentos, tudo isso com a eficiência digital. O governador lembrou que a tramitação de qualquer processo dessa natureza, em condições normais, durava até três meses, o que, a partir de agora, é possível de ser realizado com apenas um clique na página própria da plataforma visaon.sistemas.ro.gov.br.

Entre os presentes na solenidade, a primeira-dama e Superintendente de Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), Luana Rocha, o secretário da Saúde, Fernando Máximo, e até o empresário Luciano Hang, proprietário da Rede Havan que, em vista ao Estado, fez um discurso motivador destacando Rondônia, seu potencial e seu povo.

Luciano Hang destacou o potencial de Rondônia

Também presente, a diretora da Agevisa, Ana Flora Camargo, destacou, também, que o processo em campo será informatizado com o uso de tablets. Segundo ela, cada município que aderir ao sistema receberá gratuitamente da Agevisa um equipamento para as Vigilâncias em Saúde.

Importa também observar, conforme explicações dos técnicos da EpR que, com o uso do VisaOn será possível digitalizar e analisar projetos arquitetônicos, realizar e dar resultado de inspeção em tempo real, padronizar e digitalizar documentos, receber denúncias, emitir a Licença Sanitária Digital e assinar eletronicamente processos.

Demonstrando satisfação com o trabalho da Superintendência de Resultados, o governador Marcos Rocha pediu em seu discurso que os servidores e a população em geral falem bem do Estado, de modo que essa vibração atraia as melhorias que Rondônia precisa para crescer. “Vamos ter uma mente otimista, voltada para o desenvolvimento e crescimento de nosso Estado”, pediu o governador.

Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Clique para comentar

Deixe seu comentário

Coronavirus

Alta Floresta: Mais 04 casos de COVID-19 são confirmados no município, totalizando 16 casos

Publicado

em

Por

Neste sábado (06), mais 04 casos de COVID-19 (Coronavírus) foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde (SEMSAU), totalizando 16 casos em Alta Floreta D’Oeste. Os casos foram confirmados 02 por Teste Rápido e 02 por Critério Clínico-epidemiológico.
CASOS NOTIFICADOS: 157
 
CASOS CONFIRMADOS: 16 (Sendo 03 pacientes curados e 13 casos em tratamento domiciliar)
 
CASOS SUSPEITOS: 18 
 
CASOS DESCARTADOS: 123 
 
Fonte: DECOM

Continue lendo

Coronavirus

Covid-19: Remédio para azia tem potencial para tratar casos leves

Publicado

em

Por

Em estudo feito nos Estados Unidos apontou um medicamento usado para azia estomacal como potencial tratamento de pacientes diagnosticados com a Covid-19 e não intubados. As observações foram publicadas nesta quinta-feira (04/06) no BMJ Journals.

De acordo com os pesquisadores, a terapia oral com alta dose de famotidina melhorou os sintomas da Covid-19 e reduziu a chance de morte ou intubação de dez pessoas infectadas pelo coronavírus em tratamento no Centro Médico Irving e no Hospital Presbiteriano de Nova York, da Universidade Columbia. Todos começaram a tomar famotidina enquanto se sentiam mal.

O tratamento mais utilizado foi de 80 mg por três vezes ao dia, em média por 11 dias. Segundo o estudo, todos os pacientes relataram melhoria acentuada dos sintomas relacionados à doença – especialmente, tosse e falta de ar – no intervalo entre 24 e 48 horas após o início do tratamento com e os efeitos persistiram até 14 dias após o primeiro uso.

“Os resultados desta série de casos sugerem que a alta dose de famotidina oral é bem tolerada e associada a melhores resultados relatados pelos pacientes não hospitalizados com Covid-19”, concluíram os pesquisadores.

Dos dez pacientes, apenas três relataram eventos adversos. Dois apresentaram tontura; um deles teve percepções muito ocasionais de batimentos cardíacos acelerados, e o outro também teve pele seca e insônia. O terceiro relatou sintomas gastroenterológicos e esquecimento temporário. Os médicos lembraram que, além do esquecimento, todos esses efeitos colaterais estão listados nas informações de prescrição da famotidina.

METROPOLES

Continue lendo

Coronavirus

Pessoas que testam positivo para covid-19 já saem com os remédios em mãos

Publicado

em

Por

Á partir de hoje começou a ser distribuído na rede de saúde de todo o estado um kit com medicamentos para quem testar positivo nos teses rápidos. O kit para paciente de Covid-19  é composto por 04 medicamentos. 

Azitromicina de 500 mg, Ivermectina de 6 mg, Dipirona 500 mg e Cloroquina 150 mg. Além da receita médica, os pacientes também recebem orientações sobre o isolamento e as medidas que devem ser seguidas à risca além do uso dos remédios.

Rondoniaovivo

Continue lendo
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--

Tendências

Copyright © 2020 Portal de Notícias Floresta Notícias. Todos Direitos Reservados.

%d blogueiros gostam disto: