Home / Economia / Emprego cresceu 50% em agosto em Ji-Paraná Ro

Emprego cresceu 50% em agosto em Ji-Paraná Ro

Emprego cresce em Ji-Paraná. Desempregados podem recorrer ao SINE para dar entrada no Seguro Desemprego

Apesar do crescimento, em agosto, de 50% dos postos de trabalhos abertos pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Ji-Paraná, a falta de qualificação profissional ainda é considerada o maior responsável pelo desemprego na cidade.

Na semana passada, o Sine divulgou a proporção de crescimento entre os meses de agosto deste ano em relação ao mesmo período de 2018. No mês passado foram abertos 116 vagas de trabalho na unidade empregando 56 pessoas.

Em agosto de 2018, apenas nove pessoas conseguiram emprego nas 77 vagas ofertadas pela instituição. Em média, o Sine em Ji-Paraná atende 85 pessoas por dia em busca de serviço com carteira assinada.

“É um crescimento considerável em tempos que o desemprego machuca o país. Nossa maior dificuldade está sendo encontrar profissionais qualificados para encaminhar ao mercado de trabalho”, avalia a responsável pelo Sine, Andreia Bastos.

No Sine sobram vagas para as áreas de informática, soldador e megarefe, segundo informações na instituição. O megarefe é o profissional que lida com o corte e beneficiamento do animal, como retirada de couro, carcaça e desossa, por exemplo. “A região dispõe de vários frigoríficos e as vagas de trabalhos são constantes”, ressalta Andreia Bastos.

A vendedora Stefany Beloni garantiu colocação no mercado de trabalho por meio do SINE

Com o objetivo de proporcionar a qualificação, Bastos busca parcerias com instituições e órgãos oficiais na promoção de cursos a baixo custo. “A pessoa quando está desempregada não costuma ter dinheiro para investir em treinamentos e capacitações”.

Com olhar humanizado, Andreia Bastos planeja viabilizar cursos específicos para atender a demanda de Ji-Paraná. “Vamos reunir com os nossos representantes estaduais com intuito de resolver e/ou minimizar essa nossa realidade”, adianta Bastos, referindo a entendimentos com que vem tendo com a presidência da Assembleia Legislativa.

Desempregada há oito meses, a vendedora Stefany Fernanda da Silva Beloni, 21, conseguiu a carta de apresentação a uma agência de viagens. “Não sabia que o atendimento era desburocratizado e rápido. Estou muito contente pelo encaminhamento e vou dar o meu melhor para ser contratada definitivamente”, disse Beloni, após ser encaminhada ao novo emprego.

SERVIÇOS

A pessoa desempregada que precisa dar entrada no pedido de Seguro Desemprego poderá recorrer à unidade do Sine em Ji-Paraná. “É mais uma porta de atendimentos que oferecemos com o objetivo de facilitar o acesso do desempregado ao recurso financeiro que ele tem direito”, disse Andreia Bastos.

Munidos de documentos pessoais e da demissão, o interessado em proceder à entrada do benefício federal poderá fazer diretamente no Sine, que fica dentro do Shopping Cidadão, em Ji-Paraná.

Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio e Daiane Mendonça
Secom – Governo de Rondônia

Baixe e Instale em seu Celular

Sobre Rudinei

Verifique também

Bolsonaro anuncia 13° para beneficiários do Bolsa Família

Bolsonaro já havia adiantado a medida no início do governo. O pagamento do décimo terceiro …

Deixe seu comentário