Home / Destaques / Eletrobras Rondônia investirá aproximadamente R$ 500 milhões no Estado

Eletrobras Rondônia investirá aproximadamente R$ 500 milhões no Estado

Os linhões irão interligar municípios que não são atendidos pelo Sistema Interligado Nacional – SIN

A Eletrobras Distribuição Rondônia recebeu autorização da Aneel para início de licitações para as obras de construções de Linhas de Transmissões, destinadas à integração de regiões isoladas ao Sistema Interligado Nacional – SIN, os “Linhões”, como são popularmente conhecidos.

Os recursos serão oriundos dos fundos da Conta de Consumo de Combustíveis e contrapartida de 25% da própria Empresa, um investimento aproximado de R$ 500 milhões, que significa a desativação de usinas térmicas das comunidades isoladas, oferecendo energia elétrica de qualidade e segura, com diminuição da emissão dos gases poluentes que a queima de óleo diesel provoca. .

As regiões que serão beneficiadas com o fim da geração térmica e interligadas ao Sistema Nacional, são os municípios da região da BR-429, a partir de presidente Medici até Costa Marques e região do município de Chupinguaia; região da Ponta do Abunã, beneficiando as localidades de Abunã, Vista Alegre, Extrema, Ponta do Abunã e Nova Califórnia; região de Buritis interligando Ariquemes, Monte Negro, Buritis e Campo Novo e terceiro Linhão será na região de Machadinho do Oeste contemplando os municípios de Machadinho, Vale do Anari, Theobroma, Cujubim e Jaru.

Segundo a Diretoria da Eletrobras Distribuição Rondônia, as obras devem iniciar pela região da BR-429 e Chupinguaia, e com a conclusão, empresas e indústrias serão atraídas para as cidades beneficiadas, aquecendo a economia, gerando emprego e renda, não somente para estas regiões, mas para todo o estado de Rondônia.

Fonte:Assessoria

Comments

comments

Sobre floresta

Veja Também

Michel Temer conta com Jassa para ter a ajuda de Silvio Santos, Ratinho e Gugu

Compartilhar no WhatsappO presidente Michel Temer está se articulando juntamente aos maiores líderes de comunicação ...

Deixe uma resposta